BARREIRAS: ELETROVARÃO FECHA AS PORTAS E PODE DEIXAR MILHARES DE PESSOAS NO PREJUÍZO. POLÍCIA ESTÁ INVESTIGANDO O CASO ~ Barreiras Notícias >> O popular do Oeste Baiano :: OESTE BAIANO NOTICIAS ::

BARREIRAS: ELETROVARÃO FECHA AS PORTAS E PODE DEIXAR MILHARES DE PESSOAS NO PREJUÍZO. POLÍCIA ESTÁ INVESTIGANDO O CASO

O ministério Público Estadual e a Polícia Civil de Barreiras prometem instaurar inquérito para investigar uma série de denúncias de consumidores contra a empresa de consórcio premiado “Eletrovarão”, localizada na Avenida ACM, nº 858, Centro, em Barreiras no Oeste da Bahia. Clientes que foram sorteados ou terminaram de pagar os carnês e não receberam premiação no prazo determinado em seus respectivos contratos, suspeitam de um provável esquema fraudulento do estabelecimento comercial.


Num universo de mais de 35 mil clientes, de acordo com declarações do MP e da 1ª Delegacia do município, aproximadamente 100 pessoas procuraram os órgãos para registrar queixas da suposta fraude. Elas dizem que o proprietário da empresa, o senhor Adailson Gomes Varão fechou as portas da loja, e hoje pela manhã presenciaram o gerente José Carlos retirando parte dos móveis e todas as motos que ficavam expostas no local. 
O promotor de Justiça Manoel da Costa Filho preferiu não fazer declarações sobre as acusações. Já o delegado Joaquim Rodrigues promete começar a ouvir as vítimas na próxima segunda-feira, 04, caso a empresa não seja reaberta. “Advogados que representam o empresário, disseram que a loja está passando apenas por uma auditoria realizada por auditores do estado do Maranhão e ficará de portas fechadas por três dias”, disse Rodrigues. 
O consórcio consistia na compra de motos em 48 prestações fixas, com entrega após o pagamento da última parcela, ou em caso de sorteio, o contemplado recebia o veículo e ficava isento de pagar as parcelas futuras. A auxiliar de laboratório Vânia Coimbra Tavares, 34 anos é uma das pessoas que pagaram todas as parcelas e não receberam a premiação na data determinada.

Como norma, os sorteios sempre eram realizados no último sábado de cada mês, sendo os prêmios entregues na segunda-feira seguinte, mas segundo relatos dos ganhadores, os atrasos nos pagamentos vêm acontecendo há 90 dias.   

Técnico em agropecuária Gilson Lima
O Técnico em agropecuária, Gilson Lima de Oliveira pagava mensalmente seis carnês que totalizavam R$ 1. 030,00. Em busca de confirmação da notícia que viu através dos órgãos de imprensa, ele foi até a loja hoje à tarde, onde encontrou apenas um aviso anexado na porta da frente com a seguinte frase: “fechada para balanço”.  “Não tenho expectativas de reaver o dinheiro aplicado, estou decepcionado, porque confiava muito neles, me diziam até que eram crentes”, finalizou.  

Consumidor apresenta documento emitido pela empresa
O comerciante Ubirajara Silva Santos, 38 anos também estava desapontado, porque foi sorteado na 19ª parcela, e havia sido orientado na semana passada a procurar a empresa na sexta-feira, 01, para receber um cheque no valor de R$ 6 mil reais referente a motocicleta que havia ganhado.
Eles também mencionaram que clientes estão sendo lesados, com o não cumprimento de contratos em outras cidades como: Luis Eduardo Magalhães, Teixeira de Freitas, Eunápolis, Wanderley, Cotegipe, Xique-Xique, Irecê, Santa Maria da Vitória e Serra Dourada.“Havendo comprovação de fraude, à ação pode ser tipificada como crime de estelionato. Vou também verificar o que diz o Código de Defesa do Consumidor sobre o assunto”, finalizou Rodrigues.

Alô Alô Salomão

SIGA O BARREIRAS NOTICIAS NO FACEBOOK