BARREIRAS: POLÍCIA MILITAR FAZ MAIOR APREENSÃO DE DROGAS EM 2014 NO MUNICÍPIO E DESVENDA ASSALTO EM POSTO DE COMBUSTÍVEL

A apreensão de cocaína e maconha aconteceu na tarde desta terça-feira, 04, durante patrulhamento de buscas realizadas por policiais da 2ª Companhia da Polícia Militar do 10º BPM, a dois elementos que roubaram o posto de combustíveis PB Comércio de Combustíveis e Lubrificantes Ltda., na rua José Braz de Azevedo, no bairro Vila Rica, por volta das 13 h 00 do mesmo dia.


A guarnição recebeu informações de uma testemunha de dados não revelados, sobre a placa da moto Honda CG – 150, cor vermelha, usada pela dupla de assaltantes durante a ação criminosa. Por meio de consultas no banco de dados do sistema de trânsito nacional, os policiais conseguiram descobrir o nome do proprietário da moto Darlan de Oliveira Sales e seu endereço, na rua Gama, nº 171, no mesmo bairro onde ocorrera o assalto.

Ao perceberem a presença da Polícia Militar, os suspeitos abandonaram o local pela porta dos fundos, mas deixaram para trás, 200g de cocaína, seis tabletes grandes de maconha prensada, mais alguns tabletes pequenos da mesma droga, embalados em papel alumínio, pesando o total de 6,56kg, além de balança de precisão, nove cartuchos de calibre 38 intactos, dois deflagrados, sete de calibre 22, uma pistola de dois canos, rolo de papel alumínio, cartões de bancos, caderneta de anotações e R$ 434,70.

O sistema de filmagem do posto captou as imagens da dupla em atuação com duas armas de fogo em punho. Roubaram aparelhos celulares e R$ 472, 00 no caixa do estabelecimento. As roupas usadas por um dos envolvidos, uma gandola camuflada do exército, calça jeans de cor azul e o capacete, foram encontrados no mesmo endereço.

No momento da abordagem, José Rosilei de Souza Sales, 48 anos terminou preso por facilitar a fuga do seu filho Darlan, de quem gritou o nome ao avistar a equipe da PM. Segundo ele, não mora na casa onde funcionava a “boca de fumo” e estava ali somente para fechar a porta a pedido de sua ex-mulher, Darci Souza de Oliveira, mãe do foragido. Ele é proprietário do bar do “Zé”, perto do CAIC.

A droga apreendida, arma, munições e demais objetos, foram entregues na Delegacia de Polícia Civil para que o delegado plantonista Arnaldo Monte prossiga com as investigações.

Fonte: Alô Alô Salomão

SIGA O BARREIRAS NOTICIAS NO FACEBOOK