Pastor americano diz que gays devem ser executados por um Natal sem Aids

O pastor norte-americano Steven Anderson disse que o mundo poderia "se livrar da Aids até o Natal  caso todos os homossexuais fossem executados". As palavras, segundo o jornal "The Indepentent", foram ditas durante um sermão intitulado "Aids: o julgamento de Deus". 

Em um culto realizado na Igreja Batista em Tempe, Arizona (EUA), Anderson afirmou aos fiéis que a Bíblia defende o genocídio da população LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais e Travestis). "Aos olhos de Deus, qualquer homo ou bi --é tudo a mesma coisa-- é sodomita", disse ele, ao classificar a opção sexual como perversões. 

Em meios às celebrações do Dia Mundial da Aids, o pastor disse que o mundo teria passado por uma "lavagem cerebral" sobre a doença e que ele teria descoberto uma suposta "cura" no de Levítico –terceiro livro da Bíblia. "Nós podemos ter um mundo livre da Aids até o Natal. 

Ok, não seria totalmente livre. Mas seria um mundo 90% livre da doença até o Natal se seguirmos as palavras do senhor", disse ele, que leu na sequência um trecho do livro bíblico: "Se também um homem se deitar com outro homem, como se fosse uma mulher, ambos terão praticado abominação; certamente serão mortos". 

A cura da Aids, de acordo com ele, sempre esteve na Bíblia: "e eles estão a gastar bilhões de dólares em pesquisa e testes. É curável. 

Porque se você executasses os homens como Deus recomenda, você não teria tudo isso correndo solto", acrescentou Anderson. Ao justificar a proibição dos gays em sua igreja, o pastor afirmou que "todos os gays são pedófilos e que eles são uma ameaça para as crianças".  

Os comentários de Anderson dão força para reforçar a sua reputação de fundamentalista e de pregador do ódio. Em 2009, ele causou polêmica ao declarar seu ódio ao presidente Barack Obama e ao orar para ele morrer e ir para o inferno. Ele também já afirmou que as mulheres que tomam a pílula anticoncepcional são "putas, cujo sangue se tornou verde".
Pastor americano diz que gays devem ser executados por um Natal sem Aids Pastor americano diz que gays devem ser executados por um Natal sem Aids Reviewed by CM on sexta-feira, dezembro 05, 2014 Rating: 5

Postagem em destaque

ACABE COM A INADIMPLÊNCIA DA SUA EMPRESA