Angical: Cultura do Oeste perde um ícone, morreu Aldo Diniz

O músico Aldo Diniz, 90 anos, morreu na tarde deste sábado no Hospital do Oeste em Barreiras, onde foi internado depois de complicações de saúde. O sepultamento aconteceu na tarde deste domingo no cemitério da cidade de Angical.

Mesmo com a idade já avançada, o saxofonista continuava se apresentando, animando diversos tipos de eventos.

Nas redes sociais diversas pessoas homenagearam foram prestadas a Aldo Diniz, uma delas, publicamos a seguir:

“Angical se despede do seu mais ilustre ícone musical. “A música de repente ficou muda, um som melancólico em tom menor paira em silêncio de cortejo, um Sax encostado ao canto solitário e frio. O seu dono hoje partiu. Ouvi-se agora um coral de anjos convidando mais um maestro para a regência celeste. Fica aqui a saudade do seu sopro sinfônico inconfundível. Obrigado Aldo Diniz, por contribuir para nossa música e cultura, eterna gratidão” Arles Sales.


Flavio Vasco
Angical: Cultura do Oeste perde um ícone, morreu Aldo Diniz Angical: Cultura do Oeste perde um ícone, morreu Aldo Diniz Reviewed by BarreirasNoticias on segunda-feira, junho 27, 2016 Rating: 5