Diretor geral da TV Câmara é demitido após transmissão de entrevista de Cunha

O presidente interino da Câmara, Waldir Maranhão (PP-MA), demitiu nesta terça-feira (21) o diretor da Secretaria de Comunicação, Claudio Lessa, responsável pela TV Câmara. Segundo a Coluna Esplanada, do UOL, ele foi pressionado a tomar a decisão por parlamentares aliados e da oposição. Deputados criticaram o fato de a emissora exibir a entrevista coletiva do presidente afastado da Casa na manhã de hoje. Maranhão negou que a demissão tenha sido motivada pela transmissão.
"Essa questão já estava decidida. Eu estava apenas aguardando o retorno das férias. As pessoas passam e as instituições ficam. Trata-se de um bom profissional que cumpriu sua missão com zelo e responsabilidade", disse. A diretoria da TV Câmara negou influência de Cunha para a transmissão da entrevista coletiva e alega "nítido interesse jornalístico" para realizar a exibição. 
"A programação principal em nenhum momento deixou de transmitir a sessão plenária. Transmitimos o pronunciamento no canal interino e fomos [ao local] unicamente por interesse jornalístico. Quer queira, quer não, ele é o presidente da Câmara, mesmo afastado. Havia nítido interesse jornalístico", argumentou Silvério Rios, diretor da TV Câmara, em entrevista ao jornal O Globo.
Diretor geral da TV Câmara é demitido após transmissão de entrevista de Cunha Diretor geral da TV Câmara é demitido após transmissão de entrevista de Cunha Reviewed by CM on quarta-feira, junho 22, 2016 Rating: 5