"MANÍACO DO SEDAN" QUE ESTUPROU TRÊS É SOLTO EM BH POR ERRO DA JUSTIÇA

O suspeito que ficou conhecido como o "maníaco do sedan vermelho", preso por suspeita de estupro de, pelo menos, três mulheres na região da Pampulha, em Belo Horizonte, está de volta às ruas por um erro no sistema Judiciário. Há dez dias, Rogério Pereira dos Santos, de 46 anos, foi solto após o vencimento da prisão temporária.

Santos foi preso no dia 11 de maio, quando foi decretada a prisão temporária, válida por 30 dias. Ele foi detido em casa, em Betim, na região metropolitana de BH. A delegacia responsável pelo caso concluiu o inquérito no dia 24 de maio e o processo seguiu para a Justiça, 13 dias depois. No entanto, o mandado preventivo só foi expedido pelo Judiciário no dia 16 de junho. A prisão temporária estava vencida e o suspeito, na rua.

Para o presidente da Comissão de Assuntos Carcerários da OAB, Fábio Piló, a demora para que a prisão temporária fosse convertida em prisão preventiva é a explicação mais provável para a libertação do suspeito.

— Dentro do Judiciário, a tramitação interna pode ter demorado. Ou quando vai para o MP, para o parecer, que é fundamental, pode ter demorado. Ou pode ter ocorrido a demora do cadastramento do mandado de prisão pela Polícia Civil. Essas são as hipóteses que eu enxergo.

 O alerta da soltura do criminoso se espalhou nas redes sociais. Com a foto dele, grupos de conversa espalham a notícia para alertar as mulheres da região metropolitana.

Resposta

Por nota, o Tribunal de Justiça de Minas informou que tão logo o processo foi para a 10ª Vara Criminal, o juiz decretou o prolongamento da prisão do suspeito. O TJ garantiu que nenhuma ordem de soltura partiu da Justiça. A nota não explica, no entanto, porque ocorreu a perda do prazo, já que segundo a Polícia Civil a ordem de prisão só ficou disponível seis dias após o mandado de prisão temporária vencer.

Para Piló, a polícia cumpriu a lei ao soltar o suspeito após verificar o vencimento do prazo.

— Não havendo nenhum impedimento, que seria um novo mandado de prisão, não há que se falar em segurar essa pessoa na unidade prisional.

A polícia está à procura do suspeito, considerado foragido desde o dia 17 de junho.

O crime

O maníaco ficou conhecido por estuprar, ao menos, três mulheres, na Pampulha, utilizando um sedan vermelho na abordagem das vítimas. Imagens recolhidas pela polícia, que impressionam pelo desespero da vítima, uma empregada doméstica, de 49 anos, que foi forçada a entrar no carro do estuprador. Essas gravações ajudaram a polícia a prender o suspeito em Betim, na Grande BH. Ele é casado e pai de uma adolescente.

Santos também é suspeito de estuprar duas amigas no dia 17 de abril. Ele teria oferecido carona para as jovens que saíam de uma boate. Os abusos aconteceram dentro do carro. 


R7
"MANÍACO DO SEDAN" QUE ESTUPROU TRÊS É SOLTO EM BH POR ERRO DA JUSTIÇA "MANÍACO DO SEDAN" QUE ESTUPROU TRÊS É SOLTO EM BH POR ERRO DA JUSTIÇA Reviewed by BarreirasNoticias on quarta-feira, junho 22, 2016 Rating: 5