PESQUISADORES CRIAM FILTRO SOLAR À BASE DE CAFÉ COM MAIOR CAPACIDADE DE PROTEÇÃO

Um estudo desenvolvido na Universidade Estadual Paulista (Unesp) de Araraquara (SP), em parceria com a Universidade de Lisboa, resultou na produção de um protetor solar natural à base de café. Com maior fator de proteção, o creme utiliza óleos da borra do café e da semente verde, dois componentes atualmente descartados pela indústria. 


"O café tem componentes que fazem com que ele atue também na prevenção do fotoenvelhecimento, que acontece pela formação de radicais livres com a radiação ultravioleta", explicou a professora de cosmetologia Vera Lúcia Isaac, ao G1. 

Na opinião do dermatologista Sérgio Delort, o produto é bem-vindo, principalmente nas épocas do outono e inverno, quando as pessoas se descuidam com relação ao protetor solar. "Não é porque estamos no frio que temos uma menor quantidade de radiação ultravioleta e sabemos que essa radiação é o principal fator de envelhecimento e de alterações da molécula do DNA, levando ao câncer de pele", alertou. Ainda assim, não existe previsão para que o protetor chegue ao mercado. 
PESQUISADORES CRIAM FILTRO SOLAR À BASE DE CAFÉ COM MAIOR CAPACIDADE DE PROTEÇÃO PESQUISADORES CRIAM FILTRO SOLAR À BASE DE CAFÉ COM MAIOR CAPACIDADE DE PROTEÇÃO Reviewed by BarreirasNoticias on segunda-feira, junho 20, 2016 Rating: 5