Carretas vindas de LEM e Barreiras eram usadas em ‘golpe da soja’, diz polícia


Segundo o delegado, foi confirmado que cerca de 50 a 60% das cargas de farelo de soja eram desviadas no trajeto e os motoristas vendiam.


Policiais Civis da Delegacia Especializada no Combate ao Furto e Roubo de Cargas (Decarga), sob o comando do delegado Matheus Souza Lima, recuperaram carretas que eram usadas no ‘golpe da soja’. Em entrevista ao Acorda Cidade ele explicou como o golpe funcionava:

“Há cerca de um mês tomamos conhecimento desse golpe, através de seguradoras e das transportadoras dos donos das cargas. A soja, que vinha de Barreiras e de Luiz Eduardo, estava chegando em Aratu e no embarque descobria-se que parte da carga havia sido substituída por areia”, detalhou.

O delegado afirma que a polícia passou a investigar e ele lamentou o fato de não ter prendido os motoristas e nem os receptadores da carga. Segundo ele, foi confirmado que cerca de 50 a 60% das cargas de farelo de soja eram desviadas no trajeto e os motoristas vendiam.

“A gente conseguiu chegar ao porto de Aratu e tentamos prender os motoristas, mas quando eles viram a polícia, correram e abandonaram as carretas, o que confirmou exatamente o que suspeitávamos de que os motoristas estavam fazendo o desvio das cargas. Não foi feito o flagrante, mas temos os nomes de todos os motoristas envolvidos e os pedidos de prisão serão realizados. Ainda vamos tentar descobrir quem são os receptadores”, destacou.

Acorda Cidade
Carretas vindas de LEM e Barreiras eram usadas em ‘golpe da soja’, diz polícia Carretas vindas de LEM e Barreiras eram usadas em ‘golpe da soja’, diz polícia Reviewed by BarreirasNoticias on domingo, julho 24, 2016 Rating: 5