Empresário é suspeito de tentar golpe de R$ 8 milhões na compra de tecidos

Um empresário de Goiânia é suspeito de tentar aplicar golpes contra empresas que vendem tecidos. De acordo com a Polícia Civil, ele comprava material de estabelecimentos da região sul do país e não pagava. Um galpão foi encontrado na capital com cerca de 40 toneladas de mercadorias, avaliadas em R$ 8 milhões. O homem ainda não foi preso.

Segundo a investigação, o empresário já atuava no ramo de tecidos há mais de 20 anos. Entretanto, por dificuldades financeiras, teve o nome incluído em serviços de proteção ao crédito e, com isso, não consegui mais comprar a mesma quantidade de produtos que antes.

Com isso, a partir de 2014, abriu uma nova loja em nome de um laranja. Ele passou a realizar inúmeras compras e ganhar a confiança dos fornecedores. Porém, desde maio deste ano, ele deixou de pagar pelos produtos encomendados e começou a vender os tecidos por um preço abaixo de mercado, o que levantou a suspeita.

Como o valor das compras foi muito alto e o produto não foi pago, os empresários viajaram de Santa Catarina até Goiânia para tentar encontrar o empresário. Eles acionaram a polícia, que localizou o galpão com cerca de 40 toneladas de mercadoria.
“Ele comprou o produto por R$ 25 o quilo e estava vendendo por R$ 21. Então, a Polícia Civil entende que ele praticou, sim, o crime de estelionato”, disse o delegado Valdemir Pereira, da Delegacia Estadual de Investigação Criminal (Deic).

O advogado de três das empresas lesadas disse que elas foram obrigadas a demitir funcionários por causa do prejuízo. “A mercadoria apreendida ela vai representar, talvez, no máximo, 15% do prejuízo de cada empresa”, disse o advogado Odair Fabiano Bosse.
Agora, a polícia  procura o empresário e também a pessoa usada como laranja para abrir a empresa. Ambos devem responder por estelionato, associação criminosa e sonegação fiscal.
Do G1 GO
Empresário é suspeito de tentar golpe de R$ 8 milhões na compra de tecidos Empresário é suspeito de tentar golpe de R$ 8 milhões na compra de tecidos Reviewed by CM on sexta-feira, julho 15, 2016 Rating: 5