Mulher suspeita de dopar homem teria atuado com irmã gêmea na BA

A polícia investiga a participação de uma irmã gêmea no caso do homem que contou ter sido dopado e roubado por uma mulher que ele havia conhecido por meio de uma rede social. Ainda de acordo com a 28ª Delegacia, no bairro de Amaralina, as novas denúncias surgiram e as irmãs são suspeitas de aplicar golpes em pelo menos sete homens. Em um dos casos, a
vítima chegou a ser esfaqueada pela dupla. De acordo com a delegada Francineide Moura, titular da 28ª DT, as irmãs ofereceram um suco de maracujá com a droga conhecida como "boa noite cinderela", e em seguida entraram em luta corporal com a vítima, que desconfiou da ação das irmãs.
rmãs gêmeas são procuradas pela polícia (Foto: Reprodução / TV Bahia) 
Caso é investigado pela 28ª DT (Foto: Reprodução
/ TV Bahia)
"Ele foi ferido na mão, pescoço e inclusive na jugular. Depois que ele melhorou, pediu socorro e foi encaminhado para um hospital. Elas procuraram um posto de saúde para saber se ele tinha dado entrada e passaram mensagem para o trabalho dele para saber se ele tinha morrido", contou a delegada.

Em outro caso, a vítima foi dopada com um suco de umbu e, enquanto dormia, as irmãs roubaram um notebook, aparelho celular, dinheiro e até roupa de cama. Em seguida, as gêmeas teriam fugido deixando o homem trancado dentro do apartamento.

Depois que uma das vítimas denunciou o golpe sofrido na sexta-feira (15), outros quatro novos casos já chegaram até a delegacia. A polícia tem imagens das irmãs, que estão sendo procuradas para responder pelos crimes. Segundo a polícia, o pai das gêmeas disse que as filhas saíram de casa há um mês e não deram mais notícias.

Primeira denúncia
Na sexta-feira, uma das vítimas, que preferiu não se identificar, foi até a delegacia e contou ter sido roubado por uma mulher que conheceu por meio de uma rede social. A situação aconteceu em um encontro da vítima com a suspeita em um bairro de Salvador. Após o ocorrido, ele contou que foi ameaçado de morte e teve fotos divulgadas na internet com a informação de que ele é procurado pela polícia por estupro e pedofilia.

Homem é dopado e roubado por mulher que conheceu em rede social (Foto: Imagem/ TV Bahia) 
Homem é dopado e roubado por mulher que
conheceu em rede social (Foto: Imagem/ TV Bahia)
De acordo com a vítima, no período de um ano, a conversa com a mulher foi apenas virtual. O caso aconteceu no primeiro encontro dos dois. A mulher levou pertences como dinheiro, celular e o capacete de uma moto.
O homem contou que, após o ocorrido, tentou entrar em um acordo com a suspeita com o objetivo de recuperar os objetos. Contudo, ao conversar com ela, a mulher reagiu mandando fotos de armas e ameaças de morte. Ainda conforme o rapaz, a "Maise" espalhou fotos dele pela internet dizendo que ele é estuprador e pedófilo.
Por conta da situação, o homem resolveu fazer uma denúncia na delegacia e imprimiu todas as conversas que teve com a mulher. Uma das mensagens que ele recebeu foi a foto de uma arma, com a seguinte legenda:  "só pra você ver que é com essa que você vai morrer".
Impressão da conversa por aplicativo, em que o homem é ameaçado pela mulher, em Salvador (Foto: Imagem/ TV Bahia) 
 Impressão da conversa por aplicativo, em que o
homem é ameaçado pela mulher
(Foto: Imagem/ TV Bahia)
Ele também relatou como a mulher agiu no dia do encontro. "Ela vinha trazendo uma bebida. Eu acho que ela já estava com um copo embaixo com a droga, e outro [copo] em cima. Ela colocou a bebida no copo dela, bebeu e depois colocou [a bebida], no segundo copo e me deu", contou.
De acordo com a delegada, a vítima precisa de proteção policial porque se expôs bastante ao tentar negociar com a suspeita. "Vamos colocar ele, provavelmente, no programa de proteção à testemunha. Ele se expôs desde o primeiro momento, não procurou a polícia, não parou de conversar com ela, inclusive, relatou tudo o que tinha feito, como que veio na delegacia e registrou ocorrência. Ele mesmo se colocou em situação de risco", explicou Francineide Moura. G1
Mulher suspeita de dopar homem teria atuado com irmã gêmea na BA Mulher suspeita de dopar homem teria atuado com irmã gêmea na BA Reviewed by CM on terça-feira, julho 19, 2016 Rating: 5