Operação do governo investiga irregularidades no afastamento de 108 servidores públicos

A Secretaria estadual da Administração (Saeb), através de sua Corregedoria Geral (CGR), investiga irregularidades no afastamento de 108 servidores públicos de suas atividades. A
segunda fase da Operação Licença Médica, que será deflagrada nesta terça-feira (26), apura casos de trabalhadores que atuavam em atividades remuneradas enquanto estavam em licença médica no Estado. 
Entre os casos mais graves está o de uma professora que apresentou oito atestados médicos consecutivos e ficou em licença por 450 dias. 
Nesse período, ela atuou em uma escola da rede privada de Salvador. “A conduta é expressamente proibida por lei. Eles apresentavam atestados e relatórios médicos alegando doenças de diagnósticos subjetivos, a exemplo das patologias de ordem psicológica”, salienta o corregedor-geral do Estado, Luís Henrique Brandão. 
A primeira fase da Operação Licença Médica identificou 145 servidores irregulares.BN
Operação do governo investiga irregularidades no afastamento de 108 servidores públicos Operação do governo investiga irregularidades no afastamento de 108 servidores públicos Reviewed by CM on terça-feira, julho 26, 2016 Rating: 5