Pastora que acusa marido de pedofilia ficou 52 dias em coma e só conheceu filho após 6 meses (Vídeo)

Depois de ser abandonada por um marido no leito de morte, a pastora Bianca Toledo vive o drama de uma nova separação. Dessa vez, a missionária revelou a situação após ter sido questionada pelos seguidores sobre o fim do seu casamento com o pastor Felipe Heiderich. Ela afirma que ele é homossexual e está "acautelado por crime de pedofilia".


Felipe Heiderich foi preso após abusar do próprio enteado de 5 anos, segundo revelou nesta quarta-feira (6), em plenário, o senador e pastor Magno Malta (PR-ES). Malta, que é amigo de Bianca, chamou Felipe de "falso pastor". De acordo com Bianca, Felipe foi levado para a penitenciária após pedido de Prisão do Ministério Público do estado.


Bianca foi descoberta no programa de calouros do Raul Gil. Pouco tempo depois se casou e engravidou. A poucas semanas para o parto, Bianca sofreu um grave rompimento do intestino, foi hospitalizada e passou por dez cirurgias, inclusive no pulmão. 

A pastora passou por 300 transfusões de sangue, sofreu duas paradas cardíacas e ficou em coma por 52 dias. Durante o internamento, Bianca contraiu a superbactéria KPC, além de outras infecções. Bianca ficou desfigurada após um edema generalizado. Ela também teve os sistemas renal, cardiovascular e respiratório paralisados.

Foram cinco meses no hospital sem falar e andar. Durante esse período, o primeiro marido a abandonou. Ela só conheceu o filho quando ele já estava com seis meses de vida. Hoje o menino  está com cinco anos. 

Sua recuperação lenta e progressiva ficou conhecida como 'milagre da ressurreição'. A história da pastora ficou conhecida após ser divulgada nas redes sociais e teve grande repercussão. As imagens mostram sua recuperação no hospital. O vídeo de seu testemunho ultrapassou o número de um milhão de visualizações. 


Bianca se casou com Felipe em 2013, e juntos palestravam pelo país para outros casais evangélicos. A história de amor do casal era muito admirada nas redes socais. O vídeo, cujo título é 'O casamento mais lindo do mundo', tem mais de 2,5 milhões de visualizações. Assista: 

A separação
Na noite desta terça-feira (5,) ela publicou um vídeo para os fãs contando que descobriu que o marido é homossexual. Ela ainda cita crime de pedofilia. Bianca afirmou ainda que o marido confirmou as acusações, tentou suicídio e agora está internado em uma clínica psiquiátrica.
Segundo Bianca, o marido admitiu ser homossexual: "Ele chegou a confirmar pra mim (...) e isso me fez querer cancelar esse casamento", relatou Bianca. Ainda no vídeo, a ex-cantora afirma que aguarda justiça e pediu que seus seguidores orassem por ela.  "Como mãe eu posso dizer que os últimos dias foram os piores da minha vida. Ele está atrelado com crime de pedofilia e eu estou aguardando a justiça do céu e da terra (...)", disse. 


 [Correio24hs]


Pastora que acusa marido de pedofilia ficou 52 dias em coma e só conheceu filho após 6 meses (Vídeo) Pastora que acusa marido de pedofilia ficou 52 dias em coma e só conheceu filho após 6 meses (Vídeo) Reviewed by CM on quinta-feira, julho 07, 2016 Rating: 5