REDUÇÃO DE VERBAS PARA EDUCAÇÃO, PRINCIPAL ITEM DE MORTALIDADE DE JOVENS NO PAÍS


O Instituto de Pesquisa Aplicada e o Fórum Brasileiro da Segurança Pública editaram o Atlas da Violência 2016, publicado em março, onde tratam do aumento da taxa de mortalidade violenta no País e da diversa gama de causas prováveis do incremento da violência.
Daniel Cerqueira, pesquisador do IPEA, diz que entre as causas mais relevantes do aumento
do número de homicídios estão as drogas, a desagregação da família, mas principalmente a redução de investimentos, nas últimas três décadas, em educação de qualidade.
Daniel Cerqueira sublinha que cada vez jovens mais jovens estão morrendo (redução de 25 para 21 anos), fato que leva a 1/3 de todas as mortes violentas do País aconteceram nessa faixa de idade.

E complementa com um dado estarrecedor:

Nordeste, crescendo em violência.
 
Em 2014, pelo menos 59.627 pessoas sofreram homicídio no Brasil, o que elevou nossa taxa para 29,1 mortes por 100 mil habitantes.

Trata-se de uma situação gravíssima, ainda mais quando notamos que mais de 10% dos homicídios do mundo acontecem em solo nacional.

Desde 2004, a evolução da prevalência de homicídio tem se dado de maneira desigual no território.

Enquanto oito unidades federativas lograram diminuição em suas taxas, em outros seis estados o aumento das taxas foi superior a 100%, sendo que a maioria deles é situada no Nordeste.

Um ponto interessante a notar é que naqueles estados em que se verificou queda dos homicídios, políticas públicas qualitativamente consistentes foram adotadas, como no caso de São Paulo, Pernambuco, Espírito Santo e Rio de Janeiro.

Apesar da taxa de mortes violentas na Bahia, assim como em todo o Nordeste, estar crescendo em proporção assustadora, a região de Barreiras é considerada uma ilha de paz, a segunda mais pacífica do País.
Fonte: Jornal O Expresso
REDUÇÃO DE VERBAS PARA EDUCAÇÃO, PRINCIPAL ITEM DE MORTALIDADE DE JOVENS NO PAÍS REDUÇÃO DE VERBAS PARA EDUCAÇÃO, PRINCIPAL ITEM DE MORTALIDADE DE JOVENS NO PAÍS Reviewed by CM on terça-feira, julho 26, 2016 Rating: 5