Viciado, ex-Raça Negra declara: “me mato, mas não vou para a clínica”

 
O ex-pagodeiro Edson Café, do grupo Raça Negra, demonstra ter desistido da luta contra as drogas. Acompanhado pela família há menos de três meses até a porta de uma clínica de reabilitação, Edson está de volta às ruas, e continua viciado em álcool e drogas
. A vida glamurosa que teve com o grupo que fez sucesso nos anos 90 foi substituída pelas ruas e pela incerteza de dias melhores. 

Desesperado com a possibilidade de voltar ao internamento, e irritado com a insistência da família, Edson declara em reportagem: "Eu não volto para a clínica. Eu me mato, mas não volto para a clínica", desabafou. "Eu não aguento mais", disse o ex-músico, segundo informações do R7. 
 Quando perguntado porque está de volta às ruas, Edson responde: "Porque eu quero. A rua, mesmo sofrida, ela me dá sensação de liberdade para tudo", afirma.  
A família porém não desiste e tenta, mais uma vez, com a ajuda de amigos, reverter a história. (Noticias ao Minuto)
Viciado, ex-Raça Negra declara: “me mato, mas não vou para a clínica”  Viciado, ex-Raça Negra declara: “me mato, mas não vou para a clínica” Reviewed by CM on quarta-feira, julho 27, 2016 Rating: 5