Atleta paralímpica pedirá eutanásia após fim da Olimpíada no Rio

A atleta paralímpica belga Marieke Vervoort planeja pedir a eutanásia após o fim da Olimpíada no Rio de Janeiro. Duas vezes campeã do mundo de triatlo adaptado, Marieke sofre com uma
doença degenerativa que já a paralisou da cintura para baixo. A revelação foi feita em entrevista ao jornal Le Parisien.

“O Rio é meu último desejo, espero acabar minha carreira com um pódio. Começo a pensar na eutanásia. Vivi o que os outros só podem sonhar”, disse a atleta ao jornal francês Le Parisien. 

A atleta estará no Brasil entre 7 e 15 de setembro. Mesmo ainda disputando em alto nível, a atleta disse que não pretende adiar o sofrimento diário por conta da doença que provoca dores constantes.Nos Jogos Paralímpicos de Londres, em 2012, Marieke ganhou duas medalhas de ouro e duas de prata nos 100 metros rasos. Em 2015, no Mundial de Doha, no Catar, ela bateu recordes mundiais nos 400, 800, 1.500 e 5.000 metros. A eutanásia é permitida na Bélgica desde 2002 para portadores de doenças incuráveis ou que provoquem sofrimento insuportáveis.

Atleta paralímpica pedirá eutanásia após fim da Olimpíada no Rio Atleta paralímpica pedirá eutanásia após fim da Olimpíada no Rio Reviewed by CM on segunda-feira, agosto 08, 2016 Rating: 5