Banco de Minas Gerais é assaltado do mesmo modo de Barreiras

Felixlândia, uma pequena cidade de 13 mil habitantes, debruçada sobre o reservatório da Grande Represa de Três Marias, no Rio São Francisco, viveu um dia movimentado hoje. O gerente da agência local do Banco do Brasil foi rendido ontem, por volta das 19 horas em sua residência. Lá permaneceu durante toda madrugada sob poder dos bandidos.
Pela manhã deslocaram com ele ao banco e mantiveram os servidores que chegavam ao trabalho trancados no banheiro. Amarraram no gerente um artefato semelhante a explosivos e conseguiram subtrair toda quantia que estava no cofre.

 As autoridades policiais somente souberam do sequestro depois da fuga dos bandidos. O alojamento das tropas da PM fica em um segundo andar do prédio do banco.

O funcionário da agência foi abordado em casa, em princípio, quatro pessoas participaram da ação. Após colocarem o colete no gerente, os assaltantes o obrigaram a abrir o cofre e fugiram de carro levando dinheiro. Não há informações sobre a quantia levada.
 Ainda de acordo com a PM, o Grupamento de Ações Táticas Especiais (Gate) de Belo Horizonte (MG) foi acionado para verificar a suspeita dos explosivos. A equipe tática confirmou que os criminosos utilizaram canos para simular o material explosivo. O gerente foi liberado.

O modus operandi dos bandidos foi muito semelhante ao assalto realizado em Barreiras há poucos dias. Dado o sucesso das duas ações criminosas, é possível que a quadrilha seja integrada pelos mesmos bandidos. 
Do Jornal O Expresso
Banco de Minas Gerais é assaltado do mesmo modo de Barreiras Banco de Minas Gerais é assaltado do mesmo modo de Barreiras Reviewed by CM on segunda-feira, agosto 15, 2016 Rating: 5