Bronze no solo, Arthur Nory evita falar sobre caso de racismo

O ginasta Arthur Nory, que ganhou o bronze no solo neste domingo (14), foi alvo de críticas nas redes sociais por conta da polêmica em que se envolveu no ano passado, quando postou um vídeo com comentários racistas se referindo ao também ginasta Ângelo Assumpção.
Logo após sair do pódio, Nory foi questionado sobre o caso, mas evitou falar do assunto e garantiu que aprendeu com os erros.

"Sempre aprendemos com os erros, sempre. E isso vale também para a ginástica. Eu cresci bastante, amadureci bastante. Não é querer ser o melhor só ali dentro, no treino, é querer ser melhor como pessoa também. Quem trabalha junto com a gente, sabe da nossa essência, acredita junto. Na Olimpíada você escuta muita crítica, muito elogio, e o que conta é estar com a cabeça boa, focado no seu trabalho e fazer o que mais ama", comentou ele, segundo informações do 'Globo Esporte'.

O técnico de Arthur Nory, Cristiano Albino, também foi perguntado sobre o caso, mas preferiu não entrar em detalhes: "já é um assunto esquecido. Não temos que voltar em coisa ruim. Vamos falar de medalha. Foi comprovado judicialmente que foi uma brincadeira entre amigos. Se fosse assim, eu deveria entrar na Justiça porque me chamavam de narigudo na escola".

Procurado pelo 'Uol', Ângelo afirmou que não guarda mágoa de Nory. "Não tenho mágoas, de verdade. Inclusive somos muito próximos. Torci muito por ele. Tenho muito orgulho do Nory. Agora eu espero que ele seja um medalhista também fora do tablado. Admiro muito quem conquista um pódio na Olimpíada, mas gosto mais ainda de quem consegue brilhar também fora das competições. Somos atletas e temos que aproveitar o espaço que temos para dar recados e exemplos", disse ele, que reforçou: "ele é um menino muito bom, brincalhão, alegre. Tem que ter o pé no chão depois disso. Tudo agora vai mudar para ele. Que ele tome ainda mais cuidado, tenha limite. Não pode se expor muito".

Entenda
O vídeo com os comentários racistas foi publicado por Nory em seu perfil do seu Snapchat. Além dele, participou das imagens também o atleta Fellipe Arakawa. "Seu celular funciona? É branco! Se não funciona? É preto! Saquinho de supermercado? É branco! O de lixo? É preto!", disseram eles.

Ângelo, à esquerda, foi alvo de piadas de Nory

Logo após a repercussão negativa, os ginastas gravaram um vídeo pedindo desculpas a Angelo. "Fala galera, gostaríamos de pedir publicamente sinceras desculpas ao nosso amigo Ângelo Assumpção. Aqui é uma equipe, aqui está tudo bem. Exageramos e passamos dos limites. O dia-a-dia, quem está presente sabe como é. Está repercutindo de uma forma negativa pra ter matérias. Aqui todo mundo gosta de todo mundo e sabe o que passamos. Por favor, não entendam mal! A gente conversa com o Ângelo normal. A gente está com o Ângelo normal. A galera não consegue entender a brincadeira. Quem me conhece, sabe como eu sou", afirmou Nory, na ocasião.

Em entrevista ao site do 'Globo Esporte', na época, Angelo minimizou a situação: "foi uma brincadeira. A gente normalmente brinca. Não tem problema nenhum. A gente normalmente brinca entre a gente. Quando foi divulgado, as pessoas entenderam errado. Não tem problema. A gente é amigo". [Ibahia]
Bronze no solo, Arthur Nory evita falar sobre caso de racismo Bronze no solo, Arthur Nory evita falar sobre caso de racismo Reviewed by CM on domingo, agosto 14, 2016 Rating: 5