Em vídeo, Feliciano se defende de acusação de tentativa de estupro: 'Tocaram na minha moral'

Acusado de agredir e tentar estuprar uma jovem militante, o pastor e deputado Marco Feliciano (PSC-SP) publicou um vídeo na internet para se defender. O pastor gravou ao lado de sua esposa, Edileusa. "Eu quero dizer a todos vocês que embora eu esteja com o coração quebrado, machucado, com a minha família toda sofrendo, eu não vou julgar essa moça, eu perdoo ela, embora eu espere que ela seja responsabilizada pela falsa comunicação do crime", declara no vídeo.
Patrícia Lélis, de 22 anos, acusa Feliciano de tê-la arrastado pelos cabelos, batido e levantado sua saia quando ela recusou um convite para ser sua namorada em troca de um cargo em Brasília.
A jovem é militante do PSC e famosa nas redes sociais por seus vídeos contra a legalização do aborto, além de outras bandeiras conservadoras. Nessa sexta (5), o chefe de gabinete do deputado, Talma Bauer, foi detido. 
Sob suspeita de ter tentado subornar a jovem para que ela retirasse as acusações, Bauer foi liberado na madrugada desse sábado (6). Feliciano nega qualquer conhecimento sobre o assunto. "Eu não tinha conhecimento sobre o que estava acontecendo com meu assessor e espero falar com ele na segunda-feira", explica o pastor, também no vídeo. Ele ainda explica que o assessor não chegou a ser preso, apenas convocado a prestar depoimento na delegacia. 
"Como não conseguem me pegar em nada nesse país, não sou corrupto, não sou uma pessoa má, tocaram na minha moral", afirma. "Com o tempo vocês vão ver que isso não passa de uma grande farsa, de um grande engodo", ressalta.
Assista ao vídeo abaixo:

Em vídeo, Feliciano se defende de acusação de tentativa de estupro: 'Tocaram na minha moral' Em vídeo, Feliciano se defende de acusação de tentativa de estupro: 'Tocaram na minha moral' Reviewed by CM on domingo, agosto 07, 2016 Rating: 5