Política Territorial é debatida no encontro gestão cultural

Política Territorial foi o tema da palestra ministrada pelo secretário de Desenvolvimento Rural (SDR), Jerônimo Rodrigues, nesta quarta-feira (10), durante o III Encontro de Política e Gestão Culturais, no Centro de Cultura Amélio Amorim, em Feira de Santana, Território Portal do
Sertão. O evento é realizado pela Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (Secult).

Jerônimo Rodrigues, que também é vice-presidente do Conselho Estadual de Desenvolvimento Territorial (Cedeter), fez um balanço da política territorial no Brasil e na Bahia, implementada nos últimos anos, destacando números de concentração, ainda desiguais, do Produto Interno Bruto (PIB) e do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), nos municípios baianos.

“Tudo acontece dentro de uma organização chamada Território, com capacidade de avaliar, planejar e executar políticas. A agenda territorial, que está sendo discutida dentro do Cedeter, sob a coordenação da Secretaria de Planejamento (Seplan), é a nossa estratégia para superar e enfrentar problemas como a centralização econômica. O caminho é interiorizar as ações de desenvolvimento e a geração de renda, valorizando o aspecto cultural, desconcentrando da capital e dos grandes centros”, afirmou Rodrigues.

O secretário da SDR destacou a forte ligação entre o mundo rural, a agricultura familiar e a cultura, e afirmou que sua participação nesse encontro tem o objetivo de contribuir também com elementos para a realização de um debate político mais qualificado, em preparação às eleições municipais do legislativo e executivo, além de cumprir uma determinação do governador Rui Costa de manter uma articulação entre as secretarias de Estado e, nesse caso, em uma ação conjunta com secretarias municipais, movimentos de cultura, artistas, para a construção de sistema cada vez mais organizado e voltado para os resultados.

O encontro, que tem o objetivo de estimular e promover uma contínua troca de experiências e aprimoramento das gestões e das políticas públicas de cultura em todos os municípios baianos e constituir sistemas municipais de cultura. Visa ainda fortalecer os fóruns de cultura já constituídos, estimular o surgimento de novos e ofertar um espaço de formação em política e gestão culturais para todas as redes a que abrange.

Participaram ainda do encontro o superintendente de Desenvolvimento Territorial da Cultura, da Secult, Sandro Magalhães, o ex-secretário estadual de Cultura, Albino Rubim e o produtor cultural, José Roberto Peixe, entre outros nomes do cenário cultural baiano e nacional, que refletiram temas como Cultura, Territorialidade e Desenvolvimento e O impacto das Políticas Culturais para o Desenvolvimento.
Política Territorial é debatida no encontro gestão cultural  Política Territorial é debatida no encontro gestão cultural Reviewed by CM on quinta-feira, agosto 11, 2016 Rating: 5