Prefeito e vice de Caatiba são afastados por improbidade

O prefeito de Caatiba Joaquim Mendes de Sousa Júnior e a vice Maria Tânia Ribeiro Sousa foram afastados dos cargos pela Justiça Federal. O afastamento ocorreu nesta segunda-feira, 22, mas a informação foi divulgada nesta quarta, 24.
Eles são acusados de improbidade administrativa por fraude em licitações e desvio de
verbas públicas destinadas à educação municipal. Também foi determinado o bloqueio de bens até o valor de R$ 1.154.000,00 dos políticos e de mais 12 envolvidos em irregularidades.
O afastamento acata pedido feito pelo Ministério Público Federal (MPF), em consequência de investigações da Operação Mato Cerrado, deflagrada em conjunto com a Polícia Federal, Receita Federal e Controladoria-Geral da União em julho deste ano.
Segundo o MPF, foi identificado que o grupo superfaturava notas fiscais e se apropriavam de verba pública. O esquema envolvia fraude em licitações para contratar cooperativas constituídas irregularmente.
Além do prefeito e da vice, o MPF também afirma que a esposa do prefeito, Kelle Geyse Santana Santos Mendes - ex-secretária da Saúde do município, e o secretário de Administração, Thiago Lemos Cardoso Luz, também estão envolvidos no esquema.
A equipe do Portal A TARDE entrou em contato com a prefeitura, mas funcionários informaram que somente a assessoria jurídica poderia falar sobre o assunto a partir de quinta, 25, quando o responsável pelo setor estará na sede do governo municipal.
Prefeito e vice de Caatiba são afastados por improbidade Prefeito e vice de Caatiba são afastados por improbidade Reviewed by CM on quarta-feira, agosto 24, 2016 Rating: 5