Prefeitura de LEM oficializa entrega de escritura de terreno para uso do Crea-BA

Área de 675 m² vai ser usada para a construção da nova sede do Conselho no município

Recanto de intensa produção agrícola, o município de Luís Eduardo Magalhães, em menos de 15 anos de emancipação política, conseguiu se destacar na Bahia como uma das maiores potências econômicas do Estado. Por conta deste cenário, a cidade passou a atrair os profissionais da área tecnológica e a ser uma das cidades estratégicas para o Conselho
Regional de Engenharia e Agronomia da Bahia. Nesta sexta-feira (05), às 9h, o Crea-BA e a Prefeitura de LEM oficializarão a entrega da escritura de um terreno para a construção da sede da inspetoria do Conselho no município. O evento acontecerá no cartório tabelionato de notas do 1º ofício, localizado na rua 21 de abril, nº50, Jardim Paraíso.

Fundada em 2007, a inspetoria do Crea-BA em Luís Eduardo Magalhães, possui 1.129 profissionais e 307 empresas registradas. Além de LEM, o fiscal e o assistente administrativo do Conselho atendem demandas do município de São Desidério e do distrito de Roda Velha. Em 2012, mudou de escritório para inspetoria, por meio da decisão plenária nº 241/2012.

A doação de área pública pelo município de Luís Eduardo Magalhães para o Crea-BA está prevista na Lei 738/2016, aprovada pela Câmara Municipal. O terreno de 675 m² fica localizado no Loteamento Jardim Imperial e deverá ser usado para a construção da nova sede do Conselho num prazo máximo de dois anos.

De 2000 para cá, a população de Luís Eduardo Magalhães deu um salto de 18 mil habitantes para quase 80 mil, assumindo o 4º lugar no Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) e o 5º Produto Interno Bruto (PIB) per capita da Bahia. Está inserido em um grupo de cerca de 20 municípios que compõem o maior polo agrícola da Bahia. É de onde sai toda a soja produzida no estado, além de produtos como milho, algodão, feijão e café.

Além de Luís Eduardo Magalhães, o município de Camaçari também assinou em junho com Crea um termo de cessão de uso de um terreno público, que concede a autarquia federal o uso de um terreno de 1.630 m², situado no centro da cidade, por um período de 20 anos.

As inspetorias – funcionam como meio de descentralização e suporte às atividades da sede do Crea-BA para atender demandas relacionadas à regularidade de obras e serviços realizados por profissionais e empresas do setor tecnológico, nas áreas de construção civil, produção industrial, uso de agrotóxico, entre outros. O trabalho no local inclui ações administrativas, de fiscalização e medidas educativas.


 Ascom
Prefeitura de LEM oficializa entrega de escritura de terreno para uso do Crea-BA Prefeitura de LEM oficializa entrega de escritura de terreno para uso do Crea-BA Reviewed by CM on quarta-feira, agosto 03, 2016 Rating: 5