Após 12 anos, missão Rosetta se aproxima do fim

Começou a contagem regressiva para o fim da missão Rosetta, realizada pela Agência Espacial Europeia (ESA, na sigla em inglês) e que será encerrada no próximo dia 30. Lançada em março de 2004 com o objetivo de alcançar o cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko e soltar sobre ele o robô Philae, inativo desde o ano passado por falta de energia.
A sonda cumpriu a meta em novembro de 2014, em uma manobra sem precedentes na história da exploração espacial. Rosetta agora pousará no cometa, perto de uma área particularmente ativa chamada de Ma'at. "A sonda está em uma órbita ligeiramente maior, a cerca de 20 quilômetros do cometa, e estão previstas várias manobras nos próximos dias para o pouso ocorrer no lugar selecionado", disse à Ansa Andrea Accomazzo, diretor de voo da missão.
A operação para a aterrissagem será iniciada no dia 29 de setembro, quando a sonda "reduzirá a velocidade orbital". "Desta forma, Rosetta vai descer em direção ao cometa em uma velocidade muito baixa", acrescentou Accomazzo. As últimas imagens que serão enviadas à Terra devem mostrar o solo do cometa, 15 segundos antes do impacto. Ainda não se sabe se a sonda conseguirá fotografar diretamente da superfície, já que o computador de bordo deve ser destruído durante o pouso. 
A aterrissagem colocará fim a uma viagem espacial de 12 anos, que ofereceu dados capazes de aumentar os conhecimentos sobre o aparecimento da vida na Terra. Projetada há mais de 20 anos, a missão histórica buscou compreender o surgimento do Sistema Solar, já que os cometas são vestígios da sua matéria primitiva.
Após 12 anos, missão Rosetta se aproxima do fim Após 12 anos, missão Rosetta se aproxima do fim Reviewed by CM on quarta-feira, setembro 28, 2016 Rating: 5