Após ser criticado ao vivo, Temer telefonou para Faustão para se defender

O presidente Michel Temer telefonou para o apresentador Fausto Silva para se explicar, após ser criticado ao vivo no "Domingão do Faustão", da Globo, no domingo (25). De acordo com o colunista Josias de Souza, do 'Uol', o político explicou ao comunicador as razões que o levaram a baixar a reforma do ensino médio por meio de medida provisória.

Durante a conversa, que aconteceu na segunda-feira (26), Temer afirmou que as mudanças no ensino médio vinham sendo debatidas há vários anos e que não é verdadeira a versão de que a educação física foi excluída do currículo. 
Segundo o colunista, a conversa aconteceu de forma amistosa e que Faustão relembrou seus tempos de repórter, na década de 1980, quando entrevistou Temer, na época secretário de Segurança de São Paulo. 
O presidente também falou que apressou o debate após os resultados do Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), divulgados recentemente.
O telefonema aconteceu após Fausto Silva disparar contra a reforma do ensino médio. "Aqui não tem educação. Educação Física os caras iam tirar. Essa p*rra desse governo nem começou, não sabe se comunicar. E já faz a reforma sem consultar ninguém", disse o apresentador. "Então, o país que mais precisa de educação, faz uma reforma com cinco gatos pingados, que não entendem p*rra nenhuma, não consultam ninguém. E aí, de repente, tira a Educação Física, que é fundamental na formação do cidadão", completou ele.

Após ser criticado ao vivo, Temer telefonou para Faustão para se defender Após ser criticado ao vivo, Temer telefonou para Faustão para se defender Reviewed by CM on quarta-feira, setembro 28, 2016 Rating: 5