Barreiras: Cabo eleitoral é morto durante assalto ao chegar de comício

Um homem foi ferido a tiro durante assalto no bairro Vila Amorim, nas proximidades da chácara do vereador Valério, no momento em que chegava em casa, depois de assistir um comício no bairro Cascalheira, acompanhado da esposa de prenome Suely e filhos. Ele morreu ao dar entrada no setor de reanimação do Hospital do Oeste. O caso ocorreu na noite
desta quarta-feira (31) por volta das 22h. 


Raimundo Nonato Vieira, esposo da conselheira tutelar conhecida pelo prenome de Suely foi atingido com um tiro no peito, após dizer ao assaltante que estava sem dinheiro. Ele teria entregado o seu aparelho celular ao bandido, que não satisfeito, deflagrou friamente o tiro mortal.
A polícia alega que ainda não há pistas do atirador, um elemento aparentemente menor de idade, possivelmente 11 anos, que saiu do local numa bicicleta de dados ignorados, mas internautas divulgaram fotos de um suspeito nas redes sociais.

O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado para fazer a remoção do corpo para o IML do bairro Aratu.
Assim que o fato for registrado na delegacia, as investigações serão conduzidas pela delegada Marineide Pires, titular do Departamento de Homicídios e proteção à Pessoa (DHPP).
Raimundo trabalhou longo período na loja Cesta do Povo, na avenida ACM em Barreiras/BA e segundo seus familiares, atualmente era cabo eleitoral do atual prefeito de Barreiras Antonio Henrique.

Alô Alô Salomão
Barreiras: Cabo eleitoral é morto durante assalto ao chegar de comício Barreiras: Cabo eleitoral é morto durante assalto ao chegar de comício Reviewed by CM on quinta-feira, setembro 01, 2016 Rating: 5