Camaçari: Justiça determina que candidato pare de veicular propaganda contra oponente

A Justiça Eleitoral proibiu o candidato do PT à prefeitura de Camaçari, Região Metropolitana, Luiz Caetano, de veicular trocadilhos com o nome do vereador licenciado, e candidato do DEM, Antônio Elinaldo, em sua propaganda no horário eleitoral gratuito.
De acordo com informações do site Camaçari Agora, a coligação liderada pelo petista vinha se referindo a Elinaldo como “Elinada” ou “Eli? Nada” nas peças publicitárias. O juiz eleitoral Ronaldo Alves Neves Filho também imputou multa no valor de R$ 5 mil por dia caso continue com a agressão ao adversário. O magistrado ainda salientou, em sua decisão, que a propaganda eleitoral “deve se nortear no campo de ideias e propostas”.(BN)
Camaçari: Justiça determina que candidato pare de veicular propaganda contra oponente Camaçari: Justiça determina que candidato pare de veicular propaganda contra oponente Reviewed by CM on quarta-feira, setembro 07, 2016 Rating: 5