Coligação pede a cassação de candidatura de Zé Carlos por compra de votos



A coligação "A verdadeira mudança se faz com a participação de todos", encabeçada pela candidata a prefeita de São Desidério Graça Gobbi e o candidato a vice Reginaldo Cezar Filho, ingressou com uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral, contra o candidato à prefeito pela oposição, José Carlos de Carvalho (Zé Carlos), e o candidato a vice-prefeito
José Neves Barbosa (Zé Barbosa) por suposta compra de votos.
A ação foi protocolada neste sábado 24/09, na 100ª Zona Eleitoral de São Desidério, e pede a cassação do registro de candidaturas de Zé Carlos e Zé Barbosa, em razão do abuso do poder econômico e captação ilícita de sufrágio consubstanciada na distribuição de dinheiro, bens e diversos materiais de construção acompanhados do pedido de voto. 

Na ação, a coligação alega que os candidatos estariam comprando voto em suas visitas domiciliares realizadas no município de São Desidério e apresenta vídeos para comprovar o suposto crime eleitoral.

Compra de votos
É vedada por lei o candidato doar, prometer ou entregar ao eleitor com o fim de obter-lhe o voto, bem ou vantagem pessoal de qualquer natureza, desde o registro da candidatura até o dia da eleição. A captação ilícita de sufrágio, também conhecida como compra de voto é passível de pena de multa e cassação de registro ou diploma.
A coligação “A verdadeira mudança se faz com a participação de todos” aguarda a decisão da justiça sobre o caso. 

Ascom Graça
Coligação pede a cassação de candidatura de Zé Carlos por compra de votos Coligação pede a cassação de candidatura de Zé Carlos por compra de votos Reviewed by CM on quarta-feira, setembro 28, 2016 Rating: 5