Gás de cozinha fica mais caro em todo país

O Gás Liquefeito de Petróleo (GLP), conhecido como gás de cozinha, vai ficar mais caro a partir desta quinta-feira (1º) em todo o país. No Distrito Federal, a Associação Brasiliense das Empresas de Gás estima um reajuste de R$ 12 a R$ 15 no valor do botijão, que até então era vendido por preços entre R$ 55 e R$ 70, respectivamente.
Na prática, o consumidor pode sentir um impacto de até 21,4% no gasto. Diretora da entidade, Cyntia Moura Santo afirma que o aumento é anual e ocorre sempre em setembro para repassar reajustes no custo de produção e com pessoal, desde as distribuidoras até as revendedoras.

De acordo com a Associação Brasileira dos Revendedores de GLP (Asmirg), as distribuidoras comunicaram um reajuste de 10% em média em todo o país. O botijão de gás mais barato é encontrado em regiões mais afastadas do centro, como Samambaia e Recanto das Emas. No Plano Piloto, o gás é mais caro porque o empresário tem um gasto maior para manter o negócio, afirmou Cyntia. 

O aluguel é mais caro, por exemplo. "Agora, o consumidor tem que ficar atento para não se deixar enganar por revenda clandestina. Aqui no DF é muito comum", disse. "[O profissional] Tem que entregar nota fiscal, tem que ter veículo identificado, funcionário uniformizado. Até porque coloca em risco a segurança do cliente, que põe um desconhecido em casa, e do seu patrimônio, já que é um produto de alto risco." Em setembro do ano passado, a Petrobras reajustou os preços do GLP em 15%. Foi o primeiro aumento do preço do gás de cozinha desde dezembro de 2002.
Gás de cozinha fica mais caro em todo país Gás de cozinha fica mais caro em todo país Reviewed by CM on sexta-feira, setembro 02, 2016 Rating: 5