Instituto Pedro Mello passa a coletar impressões digitais sem uso de tinta

O Instituto de Identificação Pedro Mello passou a realizar, no segundo semestre deste ano, o processo de coleta das impressões digitais através do live scan, equipamento biométrico que permite a captura das digitais sem o uso de tinta.
O novo sistema funcionou inicialmente como piloto no Posto SAC Barra, mas hoje já está implantado nos Postos Salvador Shopping, Barra, Bela Vista, Cajazeiras, Periperi e Liberdade, em Salvador, e Lauro de Freitas, Camaçari e Candeias, na região metropolitana. “Este investimento garantirá um atendimento mais rápido e mais seguro ao cidadão”, pontuou a diretora do Instituto de Identificação Pedro Mello, Socorro de Maria, ao explicar que antes era necessária a digitalização das fichas com todos os dados, e agora tudo está mais automatizado, a coleta é simultânea ao atendimento e enviada assim que concluído o trabalho.

Funcionamento - O sistema valida as impressões coletadas, informando ao operado a qualidade das digitais. “Embora ainda seja mantida nossa autonomia para avaliação do material, a indicação do sistema certamente nos ajuda”, finalizou Hilton Bispo Sacramento, perito técnico e coordenador do Pedro Mello, no Posto SAC Barra. As pessoas que possuem alterações nas papilas em decorrência de desgastes, alergias ou má formações, continuarão, por uma questão técnica, realizando a coleta com a tinta. Até o final do ano, o sistema deverá ser instalado nos postos de Alagoinhas, Santo Antônio de Jesus, Juazeiro, Senhor do Bonfim, Teixeira de Freitas, Porto Seguro, Barreiras, Itabuna, Ilhéus, Jacobina, SAC Feira Centro II, em Feira de Santana, Eunápolis e SAC Conquista II, em Vitória da Conquista.
Instituto Pedro Mello passa a coletar impressões digitais sem uso de tinta Instituto Pedro Mello passa a coletar impressões digitais sem uso de tinta Reviewed by CM on sexta-feira, setembro 09, 2016 Rating: 5