MPF denuncia 6 pessoas por fraudes em licitações em 22 municípios da BA

O Ministério Público Federal (MPF) em Feira de Santana denunciou quadrilha formada por seis pessoas que atuava fraudando licitações e desviando recursos públicos federais no município de Castro Alves, Recôncavo. De acordo com o órgão, o grupo é investigado desde 2010 quando a Operação Carcará, deflagrada em conjunto com a Polícia Federal e Controladoria Geral da União, comprovou sua atuação em 22 municípios baianos.
A denúncia do procurador da República Samir Cabus Nachef Júnior leva em consideração ilegalidades registradas durante a realização de pregões presenciais em 2009 e 2009 no município de Castro Alves.
Na ocasião, as empresas Atual Distribuidora de Alimentos Ltda. e Distribuidora de Alimentos Campeã Ltda. se sagraram vencedoras. O MPF atribui a liderança do esquema a Edison dos Santos Cruz, que teria formado diversas empresas de fachada para ganhar licitações simuladas. 
O grupo atuava contatando servidores públicos para garantir que essas empresas vencessem as licitações. Foi dessa forma que a Atual e a Campeã venceram os certames e efetuaram os desvios de verbas, envolvendo recursos provenientes do Programa Nacional de Alimentação Escolar. Além de Cruz, foram denunciados Maria Auxiliadora Bispo dos Santos, Edicarla Oliveira da Cruz, Cleidiane dos Santos Nogueira, Marcelo Eduardo Cabral Costa e Gilmara Cabral Fernandes. Todos respondem por fraude a licitações.
MPF denuncia 6 pessoas por fraudes em licitações em 22 municípios da BA MPF denuncia 6 pessoas por fraudes em licitações em 22 municípios da BA Reviewed by CM on quarta-feira, setembro 21, 2016 Rating: 5