Segundo debate na TV reúne seis candidatos à prefeitura de Salvador

Seis candidatos à prefeitura de Salvador participaram, na noite deste domingo (25) de debate realizado pela TV Record Bahia. Estiveram presentes nos estúdios da emissora Alice Portugal (PCdoB), Célia Sacramento (PPL), Cláudio Silva (PP), Da Luz (PRTB), Fábio Nogueira (PSOL) e Pastor Sargento Isidório (PDT). O único candidato que não participou do debate foi ACM Neto (DEM), atual prefeito que busca a reeleição. A emissora informou que o candidato não aceitou o convite. 
O debate foi dividido quatro blocos. No primeiro, cada um deles respondeu à mesma pergunta: "O que prentende fazer para reduzir a desigualdade social em Salvador?" Primeira a responder, a candidata Célia Sacramento informou que pretende investir na educação. "As desigualdades vão sendo resolvidas em curto e longo prazo. Vamos criar creches para todas as crianças, além de fortalecer as creches comunitárias e gerar emprego e renda". Alice Portugal destacou que pretende se voltar para os que mais precisam. "Governar é fazer escolhas. Farei a escolha para os que mais precisam, pelo social, pela educação, pela saúde, porque hoje isso tudo está colocado em segundo plano". O candidato Claudio Silva, terceiro a responder, afirmou que é preciso vencer o desemprego. "Esse é o caminho para a retomada da nossa cidade, tanto no campo social quanto na educação, quanto na saúde. Vamos gerar 50 mil empregos em Salvador".

Fábio Nogueira afirmou que é preciso democratizar a política. "O povo precisa participar da política. Deve se investir no social, valorizando o servidor público municipal, que é tão perseguido pela atual gestão". O candidato Pastor Sargento Isidório destacou o combate à corrupção. "Não tem outro jeito. Tolerância zero. Corrupto preso e o patrimônio tomado. É a corrupção que faz o menor abandonado, que faz a prostituição infantil e todo o sofrimento do nosso povo". Último a responder, o candidato Da Luz destacou que pretende reduzir os gastos. "Cortaremos os gastos: 30% dos R$ 6,6 bilhões. Com isso, teremos R$ 2 bilhões por ano para fazer creches para todas as crianças e diminuir a desigualdade social". Em seguida, ainda no primeiro bloco, ocorreu o "confronto direto" entre os candidatos, em que cada um respondeu a perguntas sobre temas livre feitas pelos demais. No bloco seguinte, o "confronto direto" continuou, mas os questionamentos tiveram de ser elaboradas a partir de temas previamente escolhidos: como corrupção, educação, emprego, saúde, saneamento, segurança, habitação e transporte. Perguntas previamente feitas por moradores de Salvador, gravadas e exibidos em vídeo, sobre temas diversos também foram respondidas, no terceiro bloco do debate, pelos seis candidatos E no quarto e último bloco, cada um pode fazer suas considerações finais.

Da Luz finalizou dizendo que, caso seja eleito, pretende cortar gastos e cargos comissionados. Ele também disse que pretende cortar multas de trânsito. Em seguida, o Pastor Sargento Isidório destacou a trajetória como deputado para pedir o apoio dos eleitores e criticou a metodologia das pesquisas de intenção de voto, que o colocam em terceiro lugar. Fábio Nogueira criticou a atual administração de Salvador e o governo Temer e disse que pretende defender a democracia, a população negra, as mulheres LGBTs e a classe trabalhadora. 

Claudio Silva finalizou sua participação no debate dizendo que dará mais atenção às áreas de educação, saúde e moradia para tentar vencer a crise econômica. A candidata Alice Portugal também criticou a atual administração da prefeitura de Salvador e ressaltou que tem o apoio de Dilma e Lula, para pedir o voto dos eleitores. Já Célia Sacramento, última a fazer as considerações finais, aproveitou para pedir o apoio dos eleitores para ela e os membros de seu partido e disse que pretende mudar a realidade de Salvador. (G1)
Segundo debate na TV reúne seis candidatos à prefeitura de Salvador Segundo debate na TV reúne seis candidatos à prefeitura de Salvador Reviewed by CM on segunda-feira, setembro 26, 2016 Rating: 5