Anderson Silva expõe oferta desagradável e critica UFC: "Não me respeitam"


O relacionamento entre Brasil e UFC não anda nada bom. Depois da polêmica envolvendo José Aldo, a organização desta vez foi atacada por Anderson Silva, um dos grandes nomes da história do MMA. Em entrevista exclusiva ao UOL Esporte, Spider revelou uma oferta "desagradável" aos seus representantes e ainda criticou o tratamento que tem recebido do
Ultimate. Quando perguntado sobre um possível retorno ao octógono, Anderson logo avisou: "Cara, é complicado falar sobre isso", antes de completar.  "Não recebi nem um 'muito obrigado' do Dana (White) ou do Lorenzo (Fertitta) depois da última luta. Claro que fui eu que quis lutar, que aceitei o combate, mas sei do meu valor, da minha importância. Fiquei muito decepcionado com a falta de respeito que o UFC tem tratado os atletas brasileiros. Sou um atleta que levou o esporte ao outro nível. Não recebo, nem recebi, o devido respeito das pessoas. Isso me deixou muito chateado, triste e desapontado com o UFC", desabafou. Mesmo sem vencer há quatro anos, Anderson ainda revelou que recebeu uma proposta para ficar de prontidão caso algo acontecesse com Michael Bisping ou Dan Henderson, que fazem a luta principal do UFC 204, valendo o cinturão dos médios, neste sábado (8). Além de não gostar ideia, o brasileiro reprovou a forma com que ficou sabendo do "convite". "Não conversei mais com eles e nem com ninguém depois da minha última luta. Até me ofereceram para ficar de stand by para se algo acontecesse com Bisping ou Henderson. Mas mais absurdo ainda foi como isso chegou. Sequer falaram comigo. Meus representantes vieram como 'pombo-correio'. Não sou de recados. Depois de tudo que fiz ainda tenho que ficar de espera de uma luta que venci? Achei um pouco desagradável", criticou Anderson.
Anderson Silva expõe oferta desagradável e critica UFC: "Não me respeitam" Anderson Silva expõe oferta desagradável e critica UFC: "Não me respeitam" Reviewed by CM on quinta-feira, outubro 06, 2016 Rating: 5