Gilmar Mendes critica Justiça do Trabalho por 'hiper proteção' ao trabalhador

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Gilmar Mendes, criticou a Justiça do Trabalho por causa da "hiper proteção" dedicada ao trabalhador. Segundo Mendes, existe uma "radicalização da jurisprudência" que chega a tratar os trabalhadores como "sujeito dependente de tutela".
O ministro avalia que não há necessidade de tamanho cuidado, já que o Brasil é hoje um país industrialmente bastante desenvolvido e com sindicatos fortes e autônomos. "Isso gerou, inclusive, a eleição de um presidente que veio da classe trabalhadora. A mim parece que essa foi uma inversão.
E aí ocorreu, talvez, um certo aparelhamento da própria Justiça do Trabalho e do TST por segmentos desse modelo sindical que se desenvolveu", declarou, de acordo com a Folha. Mendes participou de evento com empresários e execuivos em São Paulo, na manhã desta sexta-feira (21), onde disse ainda que é necessário combater a compra de votos e sugeriu que o Bolsa Família seja uma maneira de captar apoio popular.
Gilmar Mendes critica Justiça do Trabalho por 'hiper proteção' ao trabalhador Gilmar Mendes critica Justiça do Trabalho por 'hiper proteção' ao trabalhador Reviewed by CM on sexta-feira, outubro 21, 2016 Rating: 5