Gustavo Kuerten chora ao ser julgado na Receita Federal

O ex-jogador de tênis Gustavo Kuerten chorou e foi tieado ao ser julgado pelo Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf) da Receita Federal nesta terça-feira. Segundo reportagem do jornal “Estado de São Paulo”, Guga tenta se livrar de multas e impostos que somam mais de R$ 5 milhões.
Guga fez a própria defesa no Carf e foi tietado pelos integrantes do conselho durante e após o julgamento. Os integrantes do conselho votaram contra o tenista, mas aproveitaram a oportunidade para tirar selfies com ele. O julgamento do caso será retomado em novembro porque foi feito um pedido de vista. A relatora, Patrícia da Silva, votou a favor do recurso de Guga e duas conselheiras foram contra.
A Receita Federal questiona o pagamento de Imposto de Renda sobre rendimentos com patrocínios e torneios do atleta entre os anos de 1999 e 2002 por meio da empresa Guga Kuerten Participações. A Receita adiz que a tributação deveria ter sido feita como pessoa física, ma Guga alega que precisava de uma estrutura profissional de uma empresa. Do Extra

Gustavo Kuerten chora ao ser julgado na Receita Federal Gustavo Kuerten chora ao ser julgado na Receita Federal Reviewed by CM on quarta-feira, outubro 26, 2016 Rating: 5