Lei seca: multa ficará 53% mais cara a partir do dia 1º

A partir do dia 1º de novembro, as multas para quem for pego na Operação Lei Seca dirigindo embriagado ou se recusar a fazer o teste do bafômetro sobe dos atuais R$ 1.915 para R$ 2.934,70. Portanto, os motoristas devem ficar atentos. O aumento é de 53%. O infrator ainda terá a carteira de habilitação suspensa por 12 meses.
Além disso, falar ao celular enquanto dirige passará de infração média a gravíssima e quem estacionar indevidamente em vaga de idoso ou deficiente perderá sete pontos na carteira. De acordo com o Jornal Extra, outros ajustes serão realizados com base em alteração no Código de Trânsito Brasileiro (CTB), por meio da Lei Federal n 13.281, sancionada em 4 de maio deste ano.
A infração gravíssima, que antes tinha multa no valor de R$ 191,54, passará a custar R$ 293,47. Já as multas consideradas graves serão ajustadas para R$ 195,23. Anteriormente, o valor desta penalidade era de R$ 127,69. Para infração média, o valor passa de R$ 85,13 para R$ 130,16. Já as infrações leves, que custavam R$ 53,20, passam a totalizar R$ 88,38. (Noticias ao Minuto)
Lei seca: multa ficará 53% mais cara a partir do dia 1º Lei seca: multa ficará 53% mais cara a partir do dia 1º Reviewed by CM on quarta-feira, outubro 12, 2016 Rating: 5