Morre Élben César, fundador da revista Ultimato

Faleceu nesta quinta-feira (6), o pastor Elben Magalhães Lenz César. Vítima de parada cardíaca, ele estava internado havia um mês no Hospital Madre Tereza, em Belo Horizonte, MG. Aos 86 anos o “Reve” como era chamado pelos amigos, deixou a esposa Djanira César, cinco filhas, dez netos e quatro bisnetos. 
nota oficial publicada no site da revista Ultimato comunica que o culto de gratidão por sua vida será realizado na Igreja Presbiteriana de Viçosa, nesta sexta-feira (7) e o sepultamento acontecerá no Cemitério Colina da Saudade, em Viçosa, MG. Elben dedicou sua vida a pregação do evangelho, tanto no púlpito – como pastor presbiteriano – quanto através da literatura, escrevendo livros e editando o jornal Ultimato, que se tornaria mais tarde uma das revistas evangélicas mais influentes do país.  
Ele foi missionário presbiteriano, primeiramente em Porto Alegre (RS), mas dedicou a maior parte de sua vida a plantar igrejas em regiões de Minas Gerais onde sempre predominou o catolicismo. 

Trabalhou em Ubá e Barbacena, mas fixou residência em Viçosa. Além da Ultimato, lançada em 1968, ele também foi o idealizador do Centro Evangélico de Missões (CEM) e da Rebusca, ministério de Ação Social Evangélica, ambos sediados em Viçosa. Entusiasta da obra missionária, presidiu a Associação de Missões do Terceiro Mundo e sempre participou como preletor em eventos do gênero, como os Congressos Brasileiros de Evangelização. 

Escreveu livros sobre o assunto, como História da evangelização no Brasil, além de biografias de Lutero e Ashbel Green Simonton, o primeiro missionário presbiteriano do país. Era mais conhecido pelo seu material devocional, que foram o cerne da revista Ultimato por décadas, e mais tarde compilados em forma de livro. Tendo viajado pelo mundo em experiências missionárias, as relatava na terceira pessoas, assinando “Mineiro com Cara de Matuto”.

Analista crítico da igreja brasileira, Elben foi um dos principais divulgadores da Teologia da Missão Integral no país. Os livros publicados pela Editora Ultimato e os artigos dos colabores da revista sempre geraram reflexão nos leitores.  Não há dúvidas que foi um dos teólogos mais influentes do país. Acusado de ser “ecumênico” por defender o diálogo aberto com o catolicismo, sempre deixou claro que “nunca assumi o compromisso de deixar de lado as coisas que nos separam dos católicos e de enfatizar apenas as que nos aproximam deles. Prezo muito a liberdade tanto de admirar e propagar as coisas bonitas que eles fazem como de continuar a criticar o que julgo diferente do ensino bíblico, tanto lá como em nosso meio”.
Morre Élben César, fundador da revista Ultimato Morre Élben César, fundador da revista Ultimato Reviewed by CM on quinta-feira, outubro 06, 2016 Rating: 5