No retrospecto contra o Brasil, Messi leva a pior em sete duelos

A preocupação do técnico Tite com Messi é natural. O craque do Barcelona tem talento suficiente para causar estragos em uma fração de segundo. Mas o treinador terá o retrospecto como aliado para o jogo pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018, em 10 de novembro, no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte. O argentino leva desvantagem no confronto contra o Brasil.
Com o atacante em campo foram sete jogos, com quatro vitórias da seleção brasileira. Messi saiu vitorioso duas vezes. Brasil e Argentina ainda empataram uma vez. Coincidentemente, o único resultado de igualdade foi em 2008, por 0 a 0, no Mineirão, em confronto válido pelas Eliminatórias da Copa de 2010, na África do Sul. Mesmo local e competição do próximo encontro.

A primeira vez de Messi contra o Brasil terminou com show brasileiro. A seleção, então comandada pelo técnico Dunga, que assumiu o lugar de Carlos Alberto Parreira após o vexame na Copa do Mundo de 2006, na Alemanha, venceu por 3 a 0, em amistoso disputado no Emirates Stadium, em Londres. Titular, o argentino pouco fez. O placar de 3 a 0 se repetiu no segundo encontro. Desta vez com um peso maior. Na final da Copa América de 2007, em Maracaibo, na Venezuela, o Brasil conquistou o título com gols de Júlio Baptista, Daniel Alves e Ayala (contra), em outra atuação apagada do argentino. 

Naquela altura, Messi buscava se livrar do rótulo de freguês da seleção. Mas o quarto confronto - o terceiro foi o empate sem gols em 2008 -, mais uma vez terminou com vitória do Brasil. Em 2009, em Rosario, cidade natal do argentino, o Brasil venceu por 3 a 1, pelas Eliminatórias. Diego Maradona era o técnico da Argentina. Luis Fabiano marcou duas vezes e Luisão anotou o outro. Dátolo descontou. A primeira vitória de Messi contra o Brasil aconteceu em amistoso de 2010. E o craque foi decisivo ao marcar o gol da vitória por 1 a 0, no Khalifa International Stadium, em Doha (Catar). 

O técnico da seleção brasileira era Mano Menezes e o vilão foi Douglas, que perdeu a bola no meio de campo para Banega no início da jogada. A melhor atuação do craque veio no jogo seguinte, em 2012. Contra uma seleção formada quase que totalmente por jogadores sub-23 - o Brasil se preparava para os Jogos Olímpicos de Londres -, Messi marcou três gols na vitória por 4 a 3, no MetLife Stadium, em Nova Jersey. Herói em um jogo, vilão no outro. No último encontro, em 2014, Messi desperdiçou uma cobrança de pênalti, defendida por Jefferson, e viu a seleção brasileira vencer por 2 a 0, com dois gols de Diego Tardelli. A vitória garantiu ao Brasil, novamente sob o comando de Dunga, o título do Superclássico das Américas, que teve a sua terceira edição disputada na China. Com informações do Estadão Conteúdo.
No retrospecto contra o Brasil, Messi leva a pior em sete duelos No retrospecto contra o Brasil, Messi leva a pior em sete duelos Reviewed by CM on sábado, outubro 22, 2016 Rating: 5