Brasileiro é mantido em cativeiro por quase 20 anos sem levantar suspeitas

O que você está prestes a ler é uma história chocante. Um brasileiro chamado Armando Bezerra de Andrade, que viveu dos 6 aos 16 anos com o pai, a madrasta e o meio-irmão em Guarulhos, São Paulo, foi mantido em cativeiro por quase vinte anos sem levantar suspeitas.

De acordo com João Batista, um morador próximo, de 58 anos de idade, o jovem era sociável. Foi aos 16 anos que ele sumiu, e o pai dizia a quem perguntava que o filho estava vivendo bem em uma cidade do interior.

No último dia 20 de outubro, a polícia foi até a região devido a uma denúncia de tráfico de drogas e, por acaso, descobriu Armando na casa da família após entrarem no imóvel.

Ele estava acorrentado a uma cama em uma pequena casa com banheiro e quarto, com a barba crescida até a altura do umbigo e o local se encontrava cheio de fezes e urina.
Armando Bezerra de Andrade, brasileiro que viveu em Guarulhos, São Paulo, foi mantido em cativeiro por quase 20 anos sem levantar suspeitas.

Depois da descoberta, os vizinhos disseram que nunca desconfiaram de nada. “Fazíamos churrasco a poucos metros de onde ele estava. Nunca ouvi um pio dele. Acredito que a madrasta, que era enfermeira, o mantinha dopado. É muita crueldade, desumano”, disse João Batista.


A família se mudou com ajuda de escolta policial, o muro da casa foi pichado por pessoas indignadas e Armando foi levado ao hospital para receber atendimento médico.

Segundo o pai alegou em entrevista, seu filho não estava residindo com eles e passou a fazer isso há poucos dias.


Foto: Buzzfeed


Fonte: Megacurioso
Brasileiro é mantido em cativeiro por quase 20 anos sem levantar suspeitas  Brasileiro é mantido em cativeiro por quase 20 anos sem levantar suspeitas Reviewed by CM on quarta-feira, novembro 09, 2016 Rating: 5