Dois pescadores são presos por usar bombas para pegar peixes na Bahia

 Dois pescadores foram presos por utilizar artefatos explosivos durante pescas na Baía de Camamu, no baixo sul da Bahia.
Os pescadores foram flagrados durante revista em embarcações realizada em ação conjunta do Ibama e da Companhia de Polícia de Proteção Ambiental de Ilhéus e Porto Seguro. A informação foi divulgada pelos ógãos nesta quinta-feira (10).

A prisão ocorreu na quarta (9), quando também foram apreendidas duas embarcações, cerca de oito bombas artesanais, três metros de estopim e quase 50 quilos de peixes mortos.

Ainda de acordo com a polícia, os pescadores presos informaram um dos locais onde adquiriram os explosivos. No imóvel, os investigadores disseram ter encontrado 24 quilos de pólvora, uma balança de precisão, 15 metros de estopim, sete cápsulas de calibre 36, além de três animais silvestres abatidos e uma quantia no valor de R$ 997.
O dinheiro encontrado, segundo a polícia, é proveniente da comercialização dos produtos. Todo material e apreendido e os pescadores presos foram apresentados na delegacia de Camamu.

Conforme a polícia ambiental, a pesca com bombas, que é proibida, é uma ação danosa à vida marinha, já que o efeito causado pela propagação sonora dos explosivos mata peixes, corais e algas. A polícia informou que realiza um trabalho de educação ambiental junto as comunidades ribeirinhas que visa reduzir essa prática e alertar os pescadores sobre as perdas ambientais.



Dois pescadores são presos por usar bombas para pegar peixes na Bahia Dois pescadores são presos por usar bombas para pegar peixes na Bahia Reviewed by CM on quinta-feira, novembro 10, 2016 Rating: 5