Formosa: ANO NOVO, PREFEITO NOVO E PROBLEMAS VELHOS.

O Médico formosense, Dr. Termosires Neto, será empossado como prefeito de Formosa do Rio Preto, em cerimônia prevista para primeiro de janeiro de 2017. Termosires não trás consigo experiências de ter sido prefeito; como os demais do outros dois municipios desse vale do rio preto, mas tem no seu currículo, vivências, entendimento de liderança e principalmente presenciado, como médico, as reais necessidades do nosso município. Liderando uma coalizão de partidos que resultou na sua eleição pra esse município.

Lembrando aqui de uma citacão em um certo discurso que eu ouvira : "Me sinto preparado para adminstrar Formosa." 

Assim sendo...

É indispensável e necessária uma mudança na forma de administração municipal, mesmo que esta venha a ser exercida por quem já o fez, como nos casos do outros dois eleitos pra os municípios que fazem parte desse Vale baiano do Rio Preto. Começando pela preocupação com o planejamento que fazem parte de uma das funções pra uma administração consistente e determinada a atingir os objetivos, na qual segue - se outras funções como, organização,  controle e direção.

Pensando nas nossas prioridades, eu como cidadã formosense, refletindo sobre tudo que ouvi durante o período de campanha eleitoral, no que se refere aos quatro pilares de uma administração baseada em organização e competência, citarei aqui como sendo relevante :  " Desenvolvimento Econômico, Planejamentos e Projetos, Gestão Eficiente e Austeridade." Creio que com essa base serão solucionados muitos outros problemas dos municipios além dos prioritários emergenciais como a área da Saúde e Educação. Ressaltamos que uma rua sem asfalto pode esperar, ou  uma quadra por terminar;  mas a saúde não espera, tem que ter um médico e um hospital pra suprir emergências, sem ter que nos deslocarmos para outras cidades, o aluno sem sala de aula ou sem professor atrasa seu ensino e o leva as ruas, ocasionando o acesso as drogas ou o aliciamento por outros indivíduos. O professor sem um salário adequado, sem sua valorização  não será um  profissional satisfeito.

Acredito que eles saibam dos nossos problemas, que receberão umas cidades sucateadas, com déficit em várias áreas. Mas sei que isso não os desanima. Sei que poderão resolve-los em conformidade com o povo, além de  planejamento e ajuda do Legislativo, mesmo não sendo esses quatro anos possíveis de sanar todos as nossas necessidades, mas um grande passo será dado.

Nossas cidades tem  localizações privilegiadas o que poderá dar ênfase aos projetos de trazer investidores que possibilitem meios de gerar empregos, aumentando a nossa renda, melhorando nossa qualidade de vida, fortalecendo nosso comércio. Mostrando ao empresário a importância de investir em nossos municípios. Mesmo observando que tudo que se pretende realizar depende da disponibilidade de recursos, e que na atual conjuntura, com os problemas enfrentados pelo Brasil , eles dependam de fontes externas para executa-los. Pensar diferente a isso é comprometedor.

Sabemos que " Liderança " é uma posição desejada por muitos, como diz o livro de Cláudio Duarte, comandar, exercer poder e influência quem não.sonha com isso ?
Mas lembremos que ser posto à frente de outras pessoas é algo que implica grandes responsabilidades, desafios e riscos a serem enfrentados. liderar não é definitivamente uma tarefa fácil. Mas com comprometimento sei que muitas etapas alcançaremos com esses novos governos.

Por Fátima, cidadã formosense

Formosa: ANO NOVO, PREFEITO NOVO E PROBLEMAS VELHOS. Formosa: ANO NOVO, PREFEITO NOVO E PROBLEMAS VELHOS. Reviewed by CM on quarta-feira, novembro 30, 2016 Rating: 5