História de ateu que se tornou evangelista vira filme

Ao tentar provar que Deus não existe, um jornalista ateu acaba encontrando o que ele menos queria. A história do autor Lee Strobel, famoso pelo livro “Em Defesa de Cristo” já foi tema de uma documentário em 2007. Sua biografia romantizada chega aos cinemas uma década depois. 
O longa, que leva o nome de seu best seller, conta como um premiado jornalista investigativo e editor de assuntos jurídicos para o jornal Chicago Tribune se debate na tentativa de provar que o cristianismo é falso.  
Ateu convicto, quando sua mulher Leslie se converteu, ele começou a refutar a nova fé dela, usando todas as suas habilidades jornalísticas e legais. Em sua tentativa de “desmascarar” as alegações do cristianismo, Strobel entrevistou alguns dos principais estudiosos do Cristianismo, levantando questões incisivas, mas ao mesmo tempo dando-lhes a oportunidade de defender seus pontos de vista.  
Logo começou a se deparar com tantos indícios que a vida, a morte e a ressurreição de Jesus descritas na Bíblia possuíam uma base histórica. Então o jornalista percebeu que, de fato, Cristo é o Filho de Deus, o Redentor e Salvador da humanidade. A conclusão que ele chega no final de sua investigação mudou radicalmente sua maneira de pensar e, consequentemente, sua própria vida.






 
História de ateu que se tornou evangelista vira filme História de ateu que se tornou evangelista vira filme Reviewed by CM on quarta-feira, novembro 16, 2016 Rating: 5