SINDSEMB REDUZ HORÁRIO DE ATENDIMENTO DEVIDO À MOROSIDADE DO JUDICIÁRIO

 
O comunicado de alteração temporária do atendimento na sede do SINDSEMB foi anunciado nesta manhã, 10, pela presidente Carmelia da Mata na coletiva com a Imprensa local.
A diretoria convidou os veículos de comunicação para expor a situação administrativa/financeira enfrentada pela entidade, após a decisão da juíza titular da Vara do Trabalho de Barreiras que suspendeu a posse da diretoria eleita, em razão de ação movida pelo candidato derrotado, Sr. Rogério Tavares, sustentando que as servidoras Carmelia e Katiuscia não podem presidir o SINDSEMB por serem professoras.

De acordo com informações do SINDSEMB, o Sr. Rogério, apesar de não haver decisão judicial nesse sentido, oficiou os bancos CEF e BB, os quais bloquearam as contas bancárias do sindicato, o que tem gerado inúmeros transtornos. Além de prejudicar diretamente os servidores filiados ao SINDSEMB, principalmente, os usuários do Plano de Saúde UNIMED, pois devido ao bloqueio das contas, as faturas do plano não estão sendo pagas acarretando a suspensão dos atendimentos.
A presidente Carmelia da Mata iniciou a reunião expondo as dificuldades administrativas, que comprometem o pagamento de funcionários, fornecedores, funcionamento do Clube do Servidor e plano de saúde UNIMED.

“Infelizmente, já enfrentamos outra ação judicial no mandato anterior, e agora novamente, essa liminar que está dificultando o trabalho do SINDSEMB. Estamos de mãos atadas, necessitando repassar o pagamento para UNIMED, que atende nossos servidores, e devido essa atitude precipitada do servidor Rogério, estamos nessa situação, com servidores com tratamentos sérios, como câncer, cirurgias e atendimento obstetrício, todos paralisados. Na verdade, ele pensou somente em si, e esqueceu que representamos quase 2 mil servidores”, externou a presidente Carmélia.

O assessor jurídico, Dr. Bruno Almeida, repassou informações sobre o processo judicial que tramita na Justiça do Trabalho, e que devido à morosidade do processo, ocasionou a paralisação das ações financeiras e administrativas.
“Vamos funcionar somente na segunda, quarta e sexta de 08:00 as 11;30h para protocolar o atendimento jurídico. Nossa equipe funcional já esta há quase 3 meses sem receber salários, nossos fornecedores em atraso, contas de água, luz, internet, e por isso, até que obtenhamos a decisão do processo, estaremos mantendo essa escala no atendimento”, garantiu Carmelia.

A assessoria jurídica do SINDSEMB esclarece que todas as medidas estão sendo conduzidas com o mais absoluto cuidado e que aguarda o desbloqueio das contas pela Caixa Econômica Federal e a decisão da Justiça do Trabalho acerca da eleição da entidade.
SINDSEMB REDUZ HORÁRIO DE ATENDIMENTO DEVIDO À MOROSIDADE DO JUDICIÁRIO SINDSEMB REDUZ HORÁRIO DE ATENDIMENTO DEVIDO À MOROSIDADE DO JUDICIÁRIO Reviewed by CM on quinta-feira, novembro 10, 2016 Rating: 5