ACUSADO DE HOMICÍDIO SOFRE TENTATIVA DE HOMICÍDIO EM UM DOS LEITOS DO HOSPITAL DO OESTE

O pedreiro, Evangelista Pereira do Nascimento, 48 anos, morador da Rua Euclides da Cunha, bairro Santa Luzia, sofreu tentativa de homicídio nas dependências do setor Clínico Cirúrgico do Hospital do Oeste, na tarde desta segunda-feira, 10, por volta das 15h 30.
De acordo com informações policiais, o autor do crime ainda não foi identificado, mas pacientes e funcionários alegam que era um homem de cabelos grisalhos. A vítima foi atingida com um tiro no peito. A polícia tenta descobrir como ele conseguiu passar pela segurança da unidade hospitalar para chegar até o local do crime.
O delegado Yves Correia deve instaurar inquérito para investigar o fato inusitado, que provocou pânico entre pacientes e funcionários do hospital.  Ele e policiais do Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa ouviram funcionários e pacientes do órgão que testemunharam o fato.
Agentes investigadores da Polícia Civil disseram que Evangelista é o principal suspeito do assassinato de Jéssica da Conceição Santos, 25 anos, natural de Barreiras/BA, que foi atingida a golpes de faca, no tórax, braço e clavícula, em frente a um bar, na BR 135, perto da esquina da Rua Vitória, bairro Ribeirão, por volta das 05h 00 de hoje (10/04). Ao chegar ferido no setor de emergência do HO, no período da manhã, ele disse que foi esfaqueado por reagir a uma tentativa de assalto.  Estava lesionado na altura do tórax e do braço direito.
Seu carro foi deixado no pátio do hospital, com vestígios de sangue e uma faca, supostamente usada no homicídio de Jéssica. As informações serão esclarecidas por meio de perícia do carro e da arma branca apreendida.
Encaminhados mensagem via e-mail para a Assessoria de Comunicação do Hospital do Oeste e aguardamos resposta sobre o acontecimento.

Entenda o caso 
Jéssica da Conceição Santos, 25 anos, natural de Barreiras/BA, foi atingida a golpes de faca, no tórax, braço e clavícula, após discutir com o criminoso, em frente a um bar, na BR 135, perto da esquina da Rua Vitória, bairro Ribeirão, por volta das 05h 00 de hoje (10/04).

No momento, segundo informações de populares, ela estava em companhia de sua irmã de prenome Thaís, a quem pediu para correr, depois de sofrer o primeiro golpe. O delegado Elio Barbosa Costa Filho diz que não encontrou testemunhas no local do fato, portanto, ainda não possui informações sobre autoria e motivação do assassinato.

As marcas de sangue no asfalto indicam que morreu a uns 50 metros do bar, sentada e encostada em um poste de iluminação. Polícia Militar e SAMU/192 foram acionados, mas já a encontraram sem sinais de vida.

A área do crime e o corpo da jovem foram periciados pelo perito Everton Magalhães, que confirmou a informação de três lesões provocadas por objeto perfurocortante.

O pai da vítima, o técnico em refrigeração Osmar Marques Dias dos Santos diz que não ficou surpreso com a morte da filha. “Dei muitos conselhos, pedia que ela procurasse boas amizades, mas não me ouviu, porque gostava das baladas”, comentou aos prantos.
Conforme registro de ocorrência do setor de custódia do complexo policial de Barreiras, Jéssica já havia sido presa por tentar entrar com droga na cadeia pública local.

Fotos: Arquivo policial/ Blog Braga
ACUSADO DE HOMICÍDIO SOFRE TENTATIVA DE HOMICÍDIO EM UM DOS LEITOS DO HOSPITAL DO OESTE ACUSADO DE HOMICÍDIO SOFRE TENTATIVA DE HOMICÍDIO EM UM DOS LEITOS DO HOSPITAL DO OESTE Revisado by CM on terça-feira, abril 11, 2017 Classificação: 5

Postagem em destaque

CURSO DE MÁQUINAS PESADAS VAGAS LIMITADAS