Bancada ruralista tenta aprovar relatório que transforma vaquejada em patrimônio imaterial

Com o Congresso vazio após a divulgação da lista de Fachin, a bancada ruralista da Câmara tentou aprovar o relatório do projeto que torna a vaquejada patrimônio imaterial. A medida é uma forma de burlar a proibição da prática imposta pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Segundo informações do blog Painel, hospedado na Folha de S. Paulo, ciente da movimentação, o deputado Ricardo Tripoli (PSDB-SP) apresentou pedido de vista ao texto. Líder da bancada tucana e contrário à vaquejada, Tripoli vai votar pela inconstitucionalidade da proposta.
Bancada ruralista tenta aprovar relatório que transforma vaquejada em patrimônio imaterial Bancada ruralista tenta aprovar relatório que transforma vaquejada em patrimônio imaterial Revisado by CM on segunda-feira, abril 17, 2017 Classificação: 5

Postagem em destaque

Pai publica foto de sua filha nas redes sociais. Quando as pessoas se apercebem desse detalhe, ficam absolutamente revoltadas!

Quem tem crianças sabe que todo o cuidado é pouco para as proteger. Basta um segundo de distração para acontecer uma verdadeira catástrofe...