Deputado responsabiliza governador por "reajuste extorsivo" da Embasa

Vice-líder da oposição na Assembleia Legislativa, o deputado estadual Pablo Barrozo (DEM) criticou hoje o reajuste anunciado pela Embasa para o dia 6 de junho. O aumento, de 8,8%, é superior à inflação medida em 2016, que foi de 6,3%, e daquela calculada nos últimos 12 meses, que alcançou 4,7%. "Trata-se de mais um aumento abusivo e surreal, que não leva em conta nem a realidade econômica vivida pelo país e nem dos serviços prestados pela Embasa, que são péssimos. Em Salvador, toda semana falta água nos bairros", afirmou o parlamentar.

Pablo Barrozo responsabilizou o governador Rui Costa pelo "reajuste extorsivo", e estuda medidas judiciais para tentar derrubar o aumento. "O estado controla a Embasa e a Agência Reguladora de Saneamento Básico da Bahia (Agersa), que tem o poder de vetar o aumento. O governador vive falando em crise. Disse que não vai dar aumento aos servidores públicos porque não tem dinheiro. E não leva em conta o dinheiro do trabalhador que não tem condição alguma de arcar com um aumento desses, acima da inflação".

Assessoria do deputado Pablo Barrozo.
Deputado responsabiliza governador por "reajuste extorsivo" da Embasa Deputado responsabiliza governador por "reajuste extorsivo" da Embasa Revisado by CM on segunda-feira, maio 15, 2017 Classificação: 5

Postagem em destaque

Gbahia - Notícias da Bahia, Brasil ao Mundo