Michel Temer demite assessor preso em operação da Polícia Federal nesta terça

O presidente Michel Temer demitiu o assessor especial Tadeu Filippeli, preso nesta terça-feira (23) em operação da Polícia Federal. A 'Panatenaico' investiga um esquema de corrupção nas obras do estádio Mané Garrincha. De acordo com a Folha, o ato de exoneração do ex-vice-governador do Distrito Federal foi assinado pela manhã e enviado à Casa Civil. A demissão deve ser publicada no Diário Oficial desta quarta-feira (24). Filippelli é presidente do PMDB-DF e divide o cargo com as funções exercidas na Presidência, sendo um dos responsáveis pela interlocução do governo com parlamentares e empresários. Filippelli integrava um grupo de cinco assessores especiais escolhidos por Temer no início do governo - Rodrigo Rocha Loures, José Yunes, Sandro Mabel e Gastão Toledo também são os conselheiros do presidente. (BN)

Michel Temer demite assessor preso em operação da Polícia Federal nesta terça Michel Temer demite assessor preso em operação da Polícia Federal nesta terça Revisado by CM on terça-feira, maio 23, 2017 Classificação: 5

Postagem em destaque

Gbahia - Notícias da Bahia, Brasil ao Mundo