Após mais uma negociação sem acordo, vigilantes fazem caminhada e deixam trânsito lento no Centro; greve está mantida

A 10ª rodada de negociações entre os vigilantes e os patrões, realizada na sede do Ministério Público do Trabalho (MPT), em Salvador, na manhã desta terça-feira (6), terminou sem acordo, e a greve que completa 13 dias está mantida.

Em protesto, após a negociação, a categoria iniciou uma caminhada do MPT para a sede do sindicato, na Baixa dos Sapateiros. De acordo com a Superintendência de Trânsito do Salvador (Transalvador) , o trânsito na região ficou bastante lento. O protesto foi encerrado por volta das 15h, após os vigilantes chegaram na sede do sindicato.

Uma nova rodada de negociações foi marcada para a tarde de quarta (7), a pedido dos patrões. Eles subiram a proposta de 1% para 3%, o que não foi aceito pela categoria. Inicialmente, os vigilantes pediram reajuste salarial de 7%, que foi reduzido para 6,4%. Além do salário, a categoria reivindica também aumento do tíquete refeição de R$ 12 para R$ 20, cota de 30% dos postos para as mulheres e piso salarial de R$ 1.500.

Por conta da greve, quatro mil perícias agendadas do INSS estão atrasadas na capital. O atendimento em algumas agências bancárias, assim como o funcionamento de nove museus no estado também foram interrompidos por causa da greve.
Após mais uma negociação sem acordo, vigilantes fazem caminhada e deixam trânsito lento no Centro; greve está mantida  Após mais uma negociação sem acordo, vigilantes fazem caminhada e deixam trânsito lento no Centro; greve está mantida Revisado by CM on quarta-feira, junho 07, 2017 Classificação: 5

Postagem em destaque

Pai publica foto de sua filha nas redes sociais. Quando as pessoas se apercebem desse detalhe, ficam absolutamente revoltadas!

Quem tem crianças sabe que todo o cuidado é pouco para as proteger. Basta um segundo de distração para acontecer uma verdadeira catástrofe...