Seu marido de 24 anos e seu bebê morrem em um acidente – agora ela quer avisar outros para que isso não aconteça novamente

É difícil perder alguém que amamos, mas quando essa perda é a dobrar, a dor é ainda maior. Essa mulher perdeu seu marido de 24 anos e seu bebê em um acidente terrível. Mas agora, ela quer avisar todo o mundo para que isso não aconteça a mais ninguém.

Kristian se apaixonou por Fabian na primeira vez que o viu. Ele era a estrela do time de futebol do liceu, e era muito bonito. Mas eles só começaram a namorar alguns anos depois. Ambos se amavam muito, e deram o nó no dia 14 de novembro de 2015.

Fabian trabalhava e apoiava Kristian enquanto ela seguia seu sonho de obter sua licença de cosmetologia. Dois meses após sua mulher começar a dar aulas, o casal recebeu uma notícia feliz e inesperada: Kristian estava grávida. Embora eles não tivessem planejo ambos ficaram felizes. O bebê ia nascer na véspera do Ano Novo de 2016.
Kristian fez um ultra-som, mas ela e Fabian decidiram esperar uma semana para descobrir o sexo do bebê. Eles até planejaram uma festa de revelação de gênero para familiares e amigos. A festa foi marcada para o dia 8 de agosto, mas ela acabou por nunca acontecer.
Facebook – Kristian Guerrero

No dia 2 de agosto, o casal estava indo para casa no Texas. Kristian estava dirigindo, e a única coisa que ela se lembra é que um carro vindo de frente na sua direção… Então tudo ficou preto! A motorista do outro carro era Shana Elliot, de 21 anos. Ela havia bebido álcool antes de dirigir.
Fabian morreu imediatamente, e Kristian ficou gravemente ferida. O bebê morreu ao chegar ao hospital e teve de dar à luz à criança morta. Esse dia negro ficará para sempre marcado em sua vida. Mas ela não quer que Fabian e Fabian Jr. tenham morrido em vão…

“Essa sou eu finalmente conseguindo segurar meu filho. Essa sou eu após um parto induzido de 24 horas, depois de sobreviver a um acidente de carro que matou meu marido e meu futuro filho. Tudo por que alguém achou que era normal beber e dirigir. Isso não está certo.

Certo é impedir um amigo de dirigir, certo é tirar as chaves de alguém quando essa pessoa está mostrando sinais de embriaguez. Certo é pegar no celular e pedir um táxi se você se sentir um pouco bêbado demais. Isso não é um sinal de fraqueza. É um sinal de maturidade para ser honesto consigo mesmo e saber que as consequências de conduzir bêbado superam qualquer tipo de vergonha que você possa sentir admitindo que você está muito bêbado para dirigir.

O que não está certo é passar o resto de sua vida com a culpa de saber que você tirou a vida de alguém mesmo antes de ela ter uma chance de estar neste mundo. Não vale a pena. Não beba e conduza. Não arrisque sua liberdade. Você não está colocando só sua vida em perigo, mas também a de todos os outros na estrada.

Eu poderia ter morrido no dia 2 de agosto, mas Deus tinha outros planos. Eu fui deixada para trás para lutar essa luta pelo meu marido e meu filho. E continuarei a sensibilizar e compartilhar essa história até o dia em que eu morrer, na esperança de evitar que alguém sinta a dor que eu carrego todos os dias.

Eu me recuso deixar as mortes de meu marido e de meu filho em vão”.

Deve ser horrível perder o filho e o marido em um acidente… algo que podia ser completamente evitável se as pessoas não dirigissem enquanto estão bebâdas.

Compartilhe a história de Kristian para que as pessoas entendam o que pode acontecer quando dirigimos sob a influência de álcool ou drogas!

Fonte: Newsner



Seu marido de 24 anos e seu bebê morrem em um acidente – agora ela quer avisar outros para que isso não aconteça novamente Seu marido de 24 anos e seu bebê morrem em um acidente – agora ela quer avisar outros para que isso não aconteça novamente Revisado by CM on quarta-feira, junho 28, 2017 Classificação: 5

Postagem em destaque

SEJA UM OPERADOR DE COLHEITADEIRA: VAGAS LIMITADAS