Eduardo Costa quase é vítima de golpe milionário; suspeito é preso

Um homem foi preso em Goiânia acusado de estelionato após tentar aplicar um golpe milionário no cantor sertanejo Eduardo Costa. Thales Câncio Carvalho se apresentava como Thales Ferraz e pode ter feito outras vítimas além do cantor, segundo as autoridades que investigam o caso, de acordo com o site G1.

O delegado responsável pela detenção de Thales disse que o cantor sertanejo não chegou a ser uma vítima do estelionatário. O artista cancelou o contrato entre eles antes que o homem pudesse se apossar de uma residência avaliada em R$ 5 milhões, em negociação entre eles.

Segundo Alessandro Tadeu de Carvalho, o contrato entre Eduardo Costa e o criminoso foi rescindido após Thales não honrar com o primeiro pagamento do acordo feito entre eles.

Carvalho explicou que o suspeito se passava por um pecuarista bem-sucedido, fechava vários negócios, mas não honrava com os pagamentos. Ele dizia ainda ser uma pessoa influente e ostentava nas redes sociais, postando fotos em jatos particulares, carros caros e ao lado de pessoas importantes.
Eduardo Costa quase é vítima de golpe milionário; suspeito é preso Eduardo Costa quase é vítima de golpe milionário; suspeito é preso Revisado by CM on quarta-feira, julho 12, 2017 Classificação: 5

Postagem em destaque

SEJA UM OPERADOR DE COLHEITADEIRA: VAGAS LIMITADAS