Empresa indiana oferece 'licença menstrual' para funcionárias

A empresa Culture Machine, de Mumbai, na Índia, oferecerá "licença menstrual" para as 75 funcionárias que trabalham no estabelecimento. A licença incentiva-as a tirar uma folga no primeiro dia dos seus ciclos menstruais, devido ao mal estar tipicamente causado pelo período. A empresa, além de adotar a política, também enviou uma petição para o Ministério do Desenvolvimento da Mulher e da Criança e para o Ministério do Desenvolvimento Humano da Índia com o objetivo de nacionalizar a medida. De acordo com o site da revista Cláudia, a menstruação é um tema tabu na Índia e outros países como Nepal e Bangladesh, onde há o predomínio da religião Hindu. Nesses lugares, as mulheres menstruadas costumam ser vistas como impuras e não podem dormir em suas casas durante o período, além de serem vetadas de comparecer a eventos familiares e sociais em algumas regiões. Países como o Japão e Taiwan já possuem leis que estabelecem a "licença menstrual", mas a empresa indiana é uma das primeiras a adotar a política no país. Foi lançado até mesmo um vídeo mostrando a reação de suas funcionárias ao receber a notícia e comentando a importância da licença. “Menstruar não é um constrangimento, faz parte da vida”, fala uma das funcionárias.
Empresa indiana oferece 'licença menstrual' para funcionárias Empresa indiana oferece 'licença menstrual' para funcionárias Revisado by CM on quarta-feira, julho 19, 2017 Classificação: 5

Postagem em destaque

SEJA UM OPERADOR DE COLHEITADEIRA: VAGAS LIMITADAS