Homem é preso suspeito de espancar e mutilar genitália de namorada

Um homem de 27 anos foi preso em Goiânia suspeito de agredir e mutilar a região genital da namorada, de 26 anos. O auxiliar de pedreiro Tiago Gomes Alves foi apresentado pela polícia na última quinta-feira (29), quando confirmou ter batido no companheira, mas negou ter cortado suas partes íntimas.

De acordo com informações do G1, a vítima foi mantida presa em casa por dois dias após ser agredida e mutilada. O laudo que analisou ferimentos descreve ato como "tortura bárbara".

A mulher contou ter sido agredida diversas vezes durante os cinco anos de relacionamento com Tiago, tendo inclusive registrado um boletim de ocorrência contra ele.


"O Tiago bateu nela, colocou uma toalha ao redor da cabeça da vítima e deu vários chutes, cortou o cabelo dela e, por fim, a levou até o sofá onde mutilou a região genital da companheira", contou a delegada responsável pelo caso, Ana Elisa Gomes.

A jovem foi trancada por dois dias e só conseguiu sair de casa após uma prima dela ir ao local e ajudá-la. Um laudo feito pelo Instituto Médico Legal (IML) comprovou as diversas agressões e mutilação. “Quanto à lesão em genitália, é obvia que houve a intenção de produzir a mutilação sexual da vítima”, conclui o documento.

Após cometer o crime, o suspeito fugiu e se escondeu na casa de amigos. Tiago foi preso preventivamente e deve responder por tortura, cárcere privado e injúria. Somadas, as penas chegam a 15 anos.
Homem é preso suspeito de espancar e mutilar genitália de namorada Homem é preso suspeito de espancar e mutilar genitália de namorada Revisado by CM on sábado, julho 01, 2017 Classificação: 5

Postagem em destaque

SEJA UM OPERADOR DE COLHEITADEIRA: VAGAS LIMITADAS